Esporte

Leila Pereira é reeleita conselheira e poderá disputar presidência do Palmeiras

Ela recebeu um total de 387 votos concorrendo pela chapa “Palestra Itália”
Leila Pereira e seu marido, José Roberto Lamacchia, da Crefisa/FAM, foram reeleitos neste sábado (27) ao Conselho Deliberativo do Palmeiras. Crédito da foto: Reprodução/Twitter.

Leila Pereira, presidente da Crefisa e da FAM, foi reeleita neste sábado (27) ao Conselho Deliberativo do Palmeiras com o total de 387 votos, quebrando seu próprio recorde de 2017. Com isso, ela poderá disputar a presidência do clube na próxima eleição, no final de 2021.

“Muito obrigada pela confiança. Foram 387 votos. Está provado que a nossa paixão faz a diferença!”, escreveu a patrocinadora em suas redes sociais.

Três chapas concorreram, a “Todos Palmeiras”, que teve 24 conselheiros eleitos (oposição); “Palestra Itália”, com 38 conselheiros eleitos, um deles Leila Pereira (da situação); e “UVB Itália”, com 14, um deles José Roberto Lamacchia, marido de Leila (da situação).

Com as duas votações para o Conselho, a patrocinadora máster do Palmeiras dá um importante passo político, já que é necessário ter um mandato completo de conselheira e fazer parte do Conselho Deliberativo para tentar uma candidatura presidencial.

A Crefisa/FAM patrocina o Palmeiras desde 2015 com valores que ajudaram na contratação de nomes, pagamento de extensa folha salarial e conquista de importantes títulos. São cinco desde então: um Paulista (2020), uma Copa do Brasil (2015), dois Brasileiros (2016 e 2018) e uma Libertadores (2020). (Da Redação)

Comentários