Esporte

Instáveis, Palmeiras e São Paulo fazem clássico no Brasileirão

Instáveis, Palmeiras e São Paulo fazem clássico no Brasileirão
No único Choque-Rei de 2020, pelo Paulistão, em janeiro, as equipes empataram por 0 a 0. Crédito da foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras (26/1/2020)

O Palmeiras, de Vanderlei Luxemburgo, e o São Paulo, de Fernando Diniz, se enfrentam hoje (10), às 19h, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca de estabilidade. Embora briguem pelas primeiras posições da tabela, as equipes oscilam e não conseguem convencer seus torcedores.

O Palmeiras vinha um pouco mais tranquilo, mas a derrota por 2 a 1 para o Botafogo, no Engenhão, derrubou a invencibilidade de 20 jogos na temporada e fez as críticas voltarem. O Verdão caiu para o quinto lugar na tabela, com 22 pontos, a cinco do líder Atlético-MG. Desfalcado de jogadores importantes nas últimas rodadas, Luxemburgo reclamou publicamente, disse que o elenco é curto e pediu reforços.

Luxa se apoia no retrospecto do Palmeiras jamais ter perdido para o São Paulo no Allianz Parque. Neste ano, os rivais se enfrentaram apenas uma vez, na Fonte Luminosa, em Araraquara, pelo Paulistão, e o duelo terminou sem gols. O atacante Luiz Adriano volta após ser desfalque nas duas últimas partidas por conta de dores na coxa esquerda e o jovem lateral-esquerdo Esteves, que lesionou a coxa direita no início de setembro, deve ser titular pela primeira vez desde que subiu ao profissional, no lugar de Viña, que está com a seleção do Uruguai.

Os outros desfalques são os mesmos da última partida: Weverton e Gabriel Menino, com a seleção brasileira, e Gustavo Gómez, com o Paraguai. Jailson e Luan devem seguir no time. Já Bruno Henrique corre o risco de começar entre os reservas. O volante foi um dos piores em campo contra o Botafogo. É possível que Zé Rafael volte a ser titular. Luxemburgo também pode optar por Ramires ou Danilo.

O São Paulo tem 23 pontos e aparece na quarta posição, mais aliviado depois da vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO. Diniz ficou perto de ser demitido após a eliminação precoce na Libertadores, mas foi bancado pela diretoria e ganhou sobrevida com a última vitória. Sua missão é dar mais consistência à equipe, que voltou a ganhar após sete jogos e viu sua defesa não ser vazada depois de 10 partidas. O comandante persegue dias de paz, algo raro desde que assumiu o time.

O principal desfalque é o lateral Juanfran, que sofreu um estiramento no joelho e vai parar por um mês. Seu substituto será Igor Vinícius, que havia ganhado a posição do veterano há algumas rodadas e receberá nova chance. Bruno Alves deve seguir na zaga ao lado do jovem Diego. A tendência é de que, em alta, os garotos Luan e Brenner sejam mantidos entre os titulares. Gabriel Sara está suspenso e quem joga em seu lugar é uma incógnita. Por outro lado, Luciano volta após cumprir suspensão.

Os outros jogos da 15ª rodada, hoje, são: Vasco x Flamengo, às 17h, em São Januário; Coritiba x Fortaleza, às 19h, no Couto Pereira; e Atlético-MG x Goiás, às 21h, no Mineirão. (Ricardo Magatti – Estadão Conteúdo)

PALMEIRAS x SÃO PAULO

Palmeiras – Jailson; Marcos Rocha, Felipe Melo, Luan e Esteves (Gustavo Scarpa); Patrick de Paula, Zé Rafael e Raphael Veiga; Wesley, Gabriel Veron (Rony) e Luiz Adriano (Willian). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

São Paulo – Tiago Volpi; Igor Vinícius, Bruno Alves, Diego e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê (Vitor Bueno) Daniel Alves e Igor Gomes; Brenner e Luciano. Técnico: Fernando Diniz

Árbitro – Leandro Pedro Vuaden (RS)

Local – Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Horário – 19h

Comentários