fbpx
Esporte

Fórmula 1: Bottas fatura pole do GP dos EUA e Hamilton larga em 5º

Finlandês tenta impedir hexacampeonato do companheiro de Mercedes, que só precisa chegar em 8º lugar
Fórmula 1: Bottas fatura pole do GP dos EUA e Hamilton larga em 5º
Valtteri Bottas, da Mercedes, pole-position do GP dos EUA. Crédito da Foto: Mark Thompson/Getty Images/AFP

Ainda com esperanças de adiar o título de Lewis Hamilton, o finlandês Valtteri Bottas fez a sua parte neste sábado (2) ao faturar a pole position do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1.

Em Austin, o piloto da Mercedes obteve o melhor tempo do fim de semana e cravou o novo recorde do Circuito das Américas. Hamilton vai sair do 5º posto.

Leia mais  Ricciardo desbanca Verstappen e fatura pole no GP do México

 

Com uma forte performance ainda no início do Q3, a terceira e última sessão do treino classificatório, Bottas registrou a marca de 1min32s029. Garantiu, assim, a sua quinta pole da temporada e a 11ª de sua carreira.

Ele vai largar ao lado do alemão Sebastian Vettel. O piloto da Ferrari anotou o tempo de 1min32s041. Ambos serão seguidos de perto pelo holandês Max Verstappen (1min32s096) e pelo monegasco Charles Leclerc (1min32s137).

O piloto da Red Bull liderou o primeiro e o terceiro treinos livres. Mas não conseguiu ameaçar a pole de Bottas. Leclerc, por sua vez, vem abaixo de Vettel durante quase todo o fim de semana até agora.

Líder disparado do campeonato, Hamilton terá um novo “match point” neste domingo. Perto do hexacampeonato, o inglês vai largar da quinta posição após uma performance mais discreta no Q3. Ele não passou do 1min32s321. Será sua pior posição de largada na temporada até agora.

A três corridas do fim do campeonato, Hamilton só precisa de mais quatro pontos para sacramentar o novo título. Para deixar Austin com o título nas mãos, o piloto da Mercedes precisa chegar em 8º lugar ou mesmo em 9º, se obtiver a volta mais rápida. E isso mesmo que Bottas vença a corrida.

Treino

O treino deste sábado foi marcado por poucas emoções. O Q2, a segunda sessão do treino, contou com o único momento tenso da atividade. Vestappen fez uma manobra estranha que quase resultou em colisão com Hamilton e o russo Daniil Kvyat. Os pilotos da Ferrari acabaram dominando esta parte da atividade, com Leclerc à frente do companheiro Vettel.

Antes, no Q1, o mais veloz foi o mais uma vez surpreendente Lando Norris. O britânico da McLaren desbancou Hamilton e Verstappen para assumir a liderança da tabela de tempo. Horas antes, no terceiro treino livre, Norris havia sido o terceiro mais rápido.

O mexicano Sergio Pérez obteve apenas o 19º e penúltimo lugar, no Q1. Mas terá que largar do último posto, diretamente dos boxes, após ter sido punido ainda na sexta-feira.

A largada do GP dos EUA está marcada para as 16h10 (horário de Brasília) deste domingo. Será a antepenúltima etapa do campeonato. Depois, serão disputados os GPs do Brasil, no dia 17, e de Abu Dabi, em 1º de dezembro. (Estadão Conteúdo)

Grid de largada

1º – Valtteri Bottas (FIN/Mercedes), 1min32s029
2º – Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min32s041
3º – Max Verstappen (HOL/Red Bull), 1min32s096
4º – Charles Leclerc (MON/Ferrari), 1min32s137
5º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min32s321
6º – Alexander Albon (TAI/Red Bull), 1min32s548
7º – Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren), 1min32s847
8º – Lando Norris (ING/McLaren), 1min33s175
9º – Daniel Ricciardo (AUS/Renault), 1min33s488
10º – Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso), 1min33s601
11º – Nico Hülkenberg (ALE/Renault), 1min33s815
12º – Kevin Magnussen (DIN/Ferrari), 1min33s979
13º – Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), 1min33s989
14º – Lance Stroll (CAN/Racing Point), 1min34s100
15º – Romain Grosjean (FRA/Haas), 1min34s158
16º – Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo), 1min34s226
17º – Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), 1min34s369
18º – George Russel (ING/Williams), 1min35s372
19º – Robert Kubica (POL/Williams), 1min35s889
20º – Sergio Pérez (MEX/Racing Point),1min35s808 (sofreu punição)

Comentários