Esporte São Bento

Ex-Palmeiras e São Bento, Valdir de Morais morre aos 88 anos no RS

Ídolo do Palmeiras como goleiro entre 1958 e 1968, Valdir de Morais foi auxiliar-técnico do São Bento em 2007
Ex-Palmeiras e São Bento, Valdir de Morais morre aos 88 anos no RS
Valdir de Morais foi goleiro do Palmeiras por uma década e auxiliar-técnico do São Bento em 2007. Crédito da Foto: Reprodução/TV Palmeiras

Goleiro do Palmeiras entre 1958 e 1968 e auxiliar-técnico do São Bento em 2007, Valdir Joaquim de Morais morreu no início da tarde deste sábado (11), aos 88 anos, em Porto Alegre, cidade onde nasceu e também onde residia.

O ex-arqueiro palestrino estava internado na emergência do Hospital Moinhos de Vento desde a madrugada da última terça-feira (7), após passar mal. A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.

Leia mais  Ídolo do Botafogo e ex-São Bento, Mendonça morre no RJ aos 63 anos

 

Desde 2016, Valdir de Morais estava debilitado devido ao fato de ter sofrido um AVC. Em 2017, o ex-palmeirense fraturou o fêmur e passou a ficar acamado.

Seu corpo será velado no domingo (12) e depois cremado. Ele deixa a esposa, Yvonne Carvalho de Morais, de 87 anos, e os filhos Renato, 64 anos, e Denise, de 59.

História

Considerado um dos grandes goleiros do Palmeiras em todos os tempos, com 480 jogos, Valdir de Morais é o terceiro com mais partidas pelo clube (atrás de Marcos, com 532, e de Leão, com 620). Em 1961, foi o primeiro goleiro brasileiro a disputar uma final de Libertadores — na qual o Palmeiras foi derrotado pelo Peñarol.

Posteriormente, foi pioneiro no exercício da função de preparador de goleiros no Brasil, participando da comissão técnica da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1982 e desempenhando tal função no Palmeiras, Corinthians e São Paulo.

Também comandou interinamente a equipe principal do Palmeiras e do São Paulo.

São Bento

Em 2007, Valdir de Morais foi contratado pelo São Bento para ser o auxiliar-técnico de Freddy Rincón no Paulistão.

Entretanto, a equipe fez má campanha e Morais se demitiu, a exemplo de toda a comissão técnica, após a 11ª rodada, quando o Azulão sofreu uma vexatória goleada em pleno Walter Ribeiro (CIC) para o Marília por 6 a 1.

A dupla Rincón — Valdir conseguiu duas vitórias, três empates e seis derrotas, com aproveitamento de 27,3%.

O São Bento acabou rebaixado à Série A2 do estadual e Valdir de Morais retornou ao Palmeiras, como coordenador-técnico da equipe principal de Vanderlei Luxemburgo. (Da Redação)

Comentários