Esporte

Esporte amador fica sem apoio em 2020

Edital do Fadas foi cancelado pelo Comitê de Enfrentamento da Crise provocada pelo coronavírus
Esporte amador fica sem apoio em 2020
Magnus Futsal é um dos projetos prejudicados. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (6/3/2020)

O edital do Fundo de Apoio ao Desporto Amador (Fadas) de Sorocaba foi cancelado e não atenderá as entidades esportivas da cidade em 2020. Em função da pandemia do novo coronavírus, o Comitê Municipal de Enfrentamento da Crise extinguiu o documento.

Segundo a Secretaria de Comunicação da Prefeitura (Secom), todas as Organizações Sociais Civis (OSC’s) foram convocadas pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semes) para explicar a situação e ouvir as demandas do setor.

“A Semes convocou todas as entidades durante o mês de julho e fez reunião individual com as OSC’s explicando o cancelamento do edital e ouvindo as demandas de cada um, e que estão registradas em ata”, explicou por meio da assessoria de imprensa municipal.

Alternativa

Na tentativa de encontrar recursos para o esporte sorocabano, grupos empresariais foram procurados pelo poder público com a intenção de viabilizar patrocinadores que consigam atender as necessidades das entidades.

A Associação Paulista de Supermercados participou de uma reunião virtual com membros da atual administração. Inclusive, a Prefeita Jaqueline Coutinho (PSL) enviou uma solicitação de patrocínio no valor R$ 1.580.000,00.

Leia mais  Cristiano Ronaldo faz 2 gols, mas Juventus é eliminada pelo Lyon na Liga

O montante do Fadas era de R$ 3,18 milhões, para 53 projetos. O edital 03/2020 foi cancelado com embasamento no artigo primeiro, cláusula terceira, como mostra a publicação do dia 17 de fevereiro.

“Este Edital poderá ser adiado, revogado por razões de interesse público decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, ou anulado, sem que caiba às instituições participantes qualquer direito à reclamação ou indenização por estes motivos”.

Porém, em 19 de dezembro de 2019, o mesmo edital já havia sido veiculado. A publicação do ano passado não estava em conformidade com a lei do Marco Regulatório do Terceiro Setor (13.019/2014) e, por isso, a Controladoria Geral do Município (CGM) o cancelou.

O erro na redação do documento motivou a necessidade de produzir um novo edital — agora está extinto pelo Comitê Municipal de Enfrentamento da Crise — e atingiu diretamente diferentes modalidades esportivas da cidade, que estão sem recursos desde janeiro.

Leia mais  Hospital erra 26 testes de Covid do Red Bull antes de jogo contra o Corinthians

“E, o pior, estão sem qualquer perspectiva. São centenas de famílias, milhares de jovens e trabalhadores sem recursos financeiros e impossibilitados de exercer suas profissões”, afirmou Fellipe Drommond, presidente do Magnus Futsal.

O mandatário da equipe sorocabana faz parte de uma comissão de esporte, criada juntamente com outros gestores, que discute os rumos da categoria com a administração pública sorocabana.

Atividades

A articulação visa não só uma busca por apoio financeiro, mas também dialogar sobre a retomada das atividades, com a apresentação de protocolos sanitários, nos moldes realizados pelo São Bento, que foi liberado pela Prefeitura a voltar aos treinos no dia 17. (Zeca Cardoso)

Comentários