Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Djokovic cai em Monte Carlo; Nadal atropela Dimitrov

15 de Abril de 2021

Evans comemora vitória em cima de Novak Djokovic em Monte Carlo. Crédito da foto: Valery HACHE / AFP

Hoje não era o dia do número 1 do mundo Novak Djokovic. O sérvio foi derrotado pelo britânico Daniel Evans, número 33 do ranking, e acabou eliminado do Masters 1000 de Monte Carlo, disputado nas quadras de saibro, em Mônaco, nas oitavas de final. Foram 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5, após quase 2 horas e 10 minutos de partida.

Com isso, Nole perdeu sua invencibilidade em 2021. Por outro lado, Evans terá pela frente o belga David Goffin, que venceu outro "grandão", o alemão Alexander Zverev, também por 2 sets a 0 e parciais de 6/4 e 7/6 (9/7). É a primeira vez que Evans vai para as quartas de final de um Masters 1000 na carreira.

Além de Evans e Goffin, outros tenistas se classificaram para a próxima fase. O grego Stefanos Tsitsipas bateu em sets diretos o chileno Cristian Garin, por 6/3 e 6/4, e enfrentará o espanhol Davidovich Fokina, que venceu o francês Lucas Pouille.

Confirmando seu favoritismo, Rafael Nadal, maior cotado para o título, não teve trabalho nenhum para massacrar o búlgaro Grigor Dimitrov e triunfou por 2 sets 0, com duplo 6/1, em 55 minutos de partida. O espanhol possui incríveis 11 títulos em Monte Carlo.

Nas quartas, o "Toro Miúra" enfrentará o vencedor do confronto entre o russo Andrey Rublev e o espanhol Roberto Bautista Agut. (Da Redação)