Esporte

Diniz rejeita rótulo de time ‘kamikaze’

Diniz rejeita rótulo de time ‘kamikaze’
Fernando Diniz é o técnico do São Paulo. Crédito da foto: Andre Penner / AFP (4/11/2020)

O técnico do São Paulo, Fernando Diniz, comentou a atuação da equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, quarta-feira (11), no estádio do Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O técnico explicou alguns erros cometidos especialmente no primeiro tempo, quando o Flamengo comandou as ações.

“Quanto aos erros, não tem nada de kamikaze. Treinar para sair como a gente sai, a gente treina muito. No primeiro tempo achei que, por falta de acelerar o jogo em alguns momentos, deu oportunidade aos jogadores do Flamengo. Os outros erros são difíceis precisar o motivo. Tem erro técnico, posicionamento de corpo errado para acelerar”, afirmou.

Diniz minimizou a vantagem que o São Paulo construiu no Maracanã. Com a vitória sobre o Flamengo, agora pode se classificar no jogo de volta, na próxima quarta-feira, no estádio do Morumbi, com um empate. “Acho que a vantagem a gente tem que esquecer. Procurar corrigir os erros porque o Flamengo é uma grande equipe Tinha um excelente treinador (o espanhol Domènec Torrent), agora tem outro. Temos que melhorar algumas coisas para o jogo no Morumbi”, completou.

Leia mais  Santos pega o Fluminense de olho no prêmio de consolação

Antes disso, o São Paulo volta as suas atenções para o Campeonato Brasileiro. O Tricolor enfrenta o Fortaleza, amanhã (14), na Arena Castelão, em Fortaleza, pela 21.ª rodada.

Torcida

Depois de balançar no cargo por algumas vezes, Fernando Diniz ganhou uma campanha de apoio nas redes sociais. Ele agradeceu o apoio dos são-paulinos.

“Todo mundo gosta de ser agraciado com o carinho do torcedor e a gente luta insistentemente nesse futebol, que é de massa, com esses milhões de torcedores são-paulinos que querem ver o time ganhar jogos e levantar taças. É importante ter o carinho do torcedor, ter equilíbrio e poder avançar nas competições. Fazer o máximo para ganharmos os jogos e alegrar nossa torcida”, disse Diniz, destacando a paciência e a coragem com seu trabalho. (Estadão Conteúdo)

Comentários