Esporte

Corinthians sofre “apagão”, leva virada e perde do Guarani: 2 a 1

Timão saiu na frente em Campinas, mas vacilou por quatro minutos e deixou o Bugre sair com a vitória
Guarani 2 x 1 Corinthians. Crédito da Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Guarani virou o jogo contra o Corinthians no Brinco de Ouro da Princesa. Crédito da Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Corinthians sofreu um apagão de quatro minutos no primeiro tempo e perdeu para o Guarani por 2 a 1, de virada, nesta quarta-feira, em Campinas, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. O time alvinegro já vinha de um empate na estreia e segue sem vencer no retorno de Fábio Carille.

As equipes voltam a campo no sábado pela terceira rodada do Paulistão. O Corinthians receberá a Ponte Preta às 19 horas, em Itaquera, e o Guarani, que havia perdido na sua estreia, jogará em casa contra o Oeste, às 16h30.

Leia mais  São Bento x Santos: 2,5 mil ingressos já foram vendidos

 

No estádio Brinco de Ouro da Princesa, com um público modesto em uma partida com torcida única, o Corinthians foi mal, especialmente no setor ofensivo e perdeu para a equipe comandada por Osmar Loss, seu antigo treinador. O gol que abriu o marcador aos oito minutos do primeiro tempo, foi um achado. Sornoza cobrou escanteio da esquerda e Gustagol subiu mais alto do que a zaga.

Com a vantagem, a equipe desistiu de atacar. O Guarani parecia desentrosado, errava muitos passes no setor ofensivo, mas ia ganhando terreno. Até que, aos 38′, Inácio cobrou falta da direita, Fagner esqueceu da marcação e Diego Cardoso apareceu livre na segunda trave para deixar tudo igual. Quatro minutos depois, Rondinelly recebeu de fora da área e mandou uma bomba no ângulo. Cássio não conseguiu nem ir na bola: 2 a 1.

O Corinthians seguiu mal no segundo tempo. Pedrinho substituiu André Luis e o time continuou com dificuldade para criar. Sornoza reclamou de uma bola na mão de Fabrício Bigode dentro da área que o impediu de fazer o domínio. O árbitro mandou seguir.

A melhor chance do time visitante na etapa final foi em uma cabeceio de Pedrinho que acertou o pé da trave do goleiro Giovanni. Mas o Guarani era ainda mais efetivo no contra-ataque e criou duas oportunidades em que Cássio defendeu uma bola de Inácio e outra de Lucas Crispim. (João Prata – Estadão Conteúdo)

Guarani 2 x 1 Corinthians

Guarani – Giovanni; Fabrício Bigode, Ferreira, Diego Giaretta e William Matheus; Fernandes e Ricardinho; Felipe Amorim, Rondinelly e Inácio; Diego Cardoso. Técnico: Osmar Loss

Corinthians – Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Avelar; Richard (Gustavo Silva), Ramiro e Jadson; André Luis (Pedrinho), Gustagol e Sornoza (Mateus Vital). Técnico: Fábio Carille

Gols- Gustagol, aos oito, Diego Cardoso, aos 37, e Rondinelly, aos 41 minutos do primeiro tempo

Árbitro – Vinícius Gonçalves Dias de Araújo

Cartão amarelo – Sornoza

Renda – R$ 171.132,00

Público – 7.252 pagantes

Local – Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas

Comentários

CLASSICRUZEIRO