Esporte

Capitão do Magnus dá uma forcinha ao comércio

Rodrigo publica vídeo nas redes sociais para divulgar empresas de Sorocaba
Capitão do Magnus dá uma forcinha ao comércio
Também empresário, atleta “sente na pele” os problemas causados pela pandemia de coronavírus e quer ajudar. Crédito da foto: Divulgação / Magnus Futsal

O fixo Rodrigo, capitão do Magnus Futsal e da seleção brasileira, publicou um vídeo em suas redes sociais para ajudar os comerciantes sorocabanos, principalmente de serviços essenciais, como farmácias e de alimentos, a divulgar as suas empresas em um momento complicado para todos. “A ideia surgiu porque eu também sou empresário e tive que fechar minha empresa. Senti isso na pele”, relatou.

O atleta da equipe sorocabana é proprietário de um complexo esportivo com quadra de futebol society, quadra de areia e um bar. Por conta da pandemia do coronavírus, o estabelecimento está fechado por tempo indeterminado, mas os funcionários continuarão recebendo os seus salários. Entendendo as consequências da crise, Rodrigo teve a ideia de colaborar com outros comerciantes.

“Vi na televisão o pessoal de restaurantes e supermercados, que estão trabalhando. Como não podemos ir até eles — os grandes todos conhecem, (mas, para) os pequenos é complicado –, fiz o vídeo.Não pedi nada em troca. Até brinquei: quem quiser mandar, manda, quem não quiser, tudo bem. É mais para a gente se ajudar”, falou o capitão.

Leia mais  Atletas do Magnus treinam juntos, porém, separados

Com mais de 120 mil seguidores no Instagram, a resposta foi imediata e em larga escala. “Me surpreendeu. Não esperava tantas mensagens, tantas empresas. A repercussão foi boa, estou tentando ajudar de alguma maneira. É legal interagir com o povo, ver o carinho que a cidade tem pelo futsal, pelo esporte e por mim também. É o momento da gente se unir. Estou feliz por poder ajudar.”

Retribuição

Rodrigo está na cidade desde o início do projeto do futsal. Abraçado por Sorocaba, quer retribuir o carinho, em forma de ajuda. “Sorocaba é a cidade onde nasceu meu primeiro filho, onde vai nascer meu próximo filho também. É um cidade que me abraçou, gosto muito de Sorocaba. Tenho um carinho e respeito enormes pela cidade”, revelou.

Em meio à paralisação das atividades esportivas e ao projeto para ajudar os comerciantes, os treinamentos individuais não param. “Estamos treinando em casa, por vídeo chamada, estamos nos virando para não perder o condicionamento físico. A gente está na espera de passar o quanto antes essa pandemia para voltarmos a fazer o que a gente ama”, explicou.

Leia mais  Virada no jogo sem público

Um capitão é escolhido, também, por dar bons exemplos. Rodrigo, mesmo fora das quadras, continua cumprindo sua missão. “Quem precisar do Rodrigo, do capitão, nas redes sociais, estou aí. Não sou blogueiro, às vezes os vídeos não ficam bons, as imagens não ficam boas, mas é mais para ajudar o povo de Sorocaba”, finalizou. (Zeca Cardoso)

Comentários