Esporte

Bruno Alves garante São Paulo forte

Bruno Alves garante São Paulo forte
Zagueiro vivia boa fase até a pandemia. Crédito da foto: Rubens Chiri / spfc.net

Um dos líderes do São Paulo desde o ano passado, o zagueiro Bruno Alves tem acompanhado tudo que acontece em relação ao novo coronavírus com um olhar mais atento. Enquanto aguarda pela volta do futebol brasileiro, o defensor projeta o que será do mundo após a pandemia e como o seu time estará de volta nos gramados.

De contrato renovado até 2023, o zagueiro comenta que tem filtrado os noticiários sobre a Covid-19. “Eu tenho dois filhos pequenos (Henry Miguel, de 3 anos, e Helena, de 6 meses de idade) e minha mulher (Daniela) e eu sempre estamos de máscara, mesmo aqui em casa. Limpo direto as mãos, usando álcool em gel, para evitar o contágio e a disseminação do vírus. É uma situação triste, tem muita gente sofrendo. Então é torcer para que tudo possa melhorar o mais rápido possível”, disse.

Leia mais  Fifa anuncia para outubro inicio das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa

O defensor acredita que, quando o futebol voltar, todos estarão mais preparados para enfrentar a nova situação. “Esperamos que isso possa ser resolvido o mais rápido possível, mas com segurança. Saúde está em primeiro lugar, não só no futebol, mas para a vida de qualquer um, em qualquer profissão. Temos de seguir com o cuidado redobrado para todos voltarem bem, para as pessoas poderem voltar a seguir com suas vidas normalmente. E o futebol entra nesse contexto”, opina.

Considerado um dos líderes do elenco pelo técnico Fernando Diniz, Bruno Alves agradece a confiança do treinador e tenta passar experiência para os colegas. “Hoje poder estar no São Paulo é um sonho muito grande. Procuro aproveitar da melhor forma possível todos os dias. Eu falo para os meninos que hoje em dia eles podem sair de Cotia, que é uma das melhores estruturas de base do Brasil e do mundo, e chegar direto no profissional do São Paulo. Isso é algo muito especial e precisa saber aproveitar.”

Aliás, o atleta admite que a boa fase não é surpresa e diz ter certeza que daria certo no São Paulo. “Cheguei com os pés no chão, sabendo que no início eu teria poucas oportunidades e teria que aproveitar da melhor forma. Sempre trabalhei forte no dia a dia, dando meu máximo, porque sabia que, quando chegasse a oportunidade, eu aproveitaria”, afirma.

Leia mais  FPF planeja jogos no Canindé e Rua Javari para acomodar tabela do Paulistão

Seleção brasileira

Aos 29 anos, Bruno Alves ainda sonha com a seleção brasileira: “Trabalho todos os dias para conquistar títulos pelo São Paulo e marcar meu nome. Tenho certeza de que, com títulos aqui, eu com certeza estaria mais perto da seleção brasileira. É um passo de cada vez.” Para isso, retomar a boa fase que vinha tendo no Tricolor antes da pandemia será fundamental.

“Agora estamos nos preocupando com a saúde e depois, quando voltarmos aos treinos no CT, voltaremos à rotina de grupo. É procurar recuperar a forma e voltar aos trabalhos táticos e técnicos. Vamos procurar dar continuidade ao que vinha sendo feito. Atleta tem que estar sempre se adaptando, então acredito que esse seja mais um desafio que a gente tenha que superar. Vamos tentar voltar ao mesmo ritmo, ou ao mais próximo possível, que estávamos antes da parada”, finaliza. (Estadão Conteúdo)

Comentários