fbpx
Esporte

Após 12 anos, Apan encerra atividades

A entidade não renovou o vínculo que mantinha com a Prefeitura para representação da cidade em competições oficiais
Após 12 anos, Apan encerra atividades
O técnico Renato dos Santos e os atletas Maria Eduarda e Wander. Crédito da foto: Divulgação

A Associação de Pais e Amigos da Natação (Apan) encerrou suas atividades após 12 anos de atuação na formação de atletas na modalidade em Sorocaba. A entidade optou por não renovar o vínculo que mantinha com a Prefeitura para representação da cidade em competições oficiais.

Apesar do encerramento, os quase 30 atletas que integravam o projeto seguirão praticando o esporte, agora no Sesi de Votorantim, já que o técnico Renato dos Santos foi convidado para o projeto de natação da instituição.

Leia mais  Sesi terá equipes de natação esportiva em Sorocaba e Votorantim

 

Segundo o treinador, a falta de uma piscina pública e os custos para a manutenção da equipe pesaram na decisão de continuidade do projeto. “Com a ausência de uma piscina, uma modalidade que é barata para se praticar acabou se tornando cara”, lamenta.

Ainda conforme ele, as dificuldades levaram à diminuição do número de atletas nos últimos anos. Mas, ainda assim, o técnico considera que a entidade cumpriu o seu papel. “A associação cumpriu sua função, foi duradoura. O estatuto foi passado para muitas outras equipes. É uma pena que o município não valorizou essa iniciativa.”

Apesar do fim da associação, Renato enalteceu os resultados obtidos ao longo dos anos. “Treinamos muitas crianças, a maioria com muito sucesso. Tivemos campeões paulistas, brasileiros. Tivemos atletas nadando (no campeonato) sul-americano de categoria e fomos os maiores vencedores de Jogos Regionais nos últimos 15 anos. A natação feminina não perde há 10 anos e a masculina há cinco”, relatou.

A Apan foi homenageada na 37ª Festa do Esporte do Panathlon Club, que aconteceu na semana passada. Participaram da solenidade os atletas Maria Eduarda Wincler Fonseca e Wander Lucas Cardoso que, juntos, conquistaram nove medalhas na última edição dos Jogos Regionais.

Renato dos Santos explica ainda que, com a sequência do projeto, agora no Sesi Votorantim, foi possível elevar o número de crianças participantes, que já chega a 40. “E queremos triplicar isso nos próximos seis meses”, disse o técnico. (César Santana)

Comentários

CLASSICRUZEIRO