Esporte São Bento

A lista de Doriva está pronta no São Bento

Azulão aposta na experiência do novo técnico na montagem do elenco que vai jogar o Brasileiro Série B
A lista está pronta
Doriva quer reduzir a média de idade do elenco beneditino. Crédito da foto: Fábio Rogério

Com a necessidade de renovar o plantel para a disputa da Série B, o São Bento aposta na experiência do técnico Doriva na montagem de elencos para fazer uma competição com resultados melhores do que os obtidos no Paulistão. A aposta num grupo mais enxuto e repleto de nomes conhecidos não funcionou e o time acabou rebaixado com a pior campanha no estadual. Com a troca de comando, o objetivo é iniciar uma reformulação tendo como foco o rejuvenescimento do grupo, que tem média de idade superior a 30 anos. Até o início da Série B, no fim de abril, alguns nomes devem chegar e outros tantos sair.

Leia mais  Doriva é apresentado como novo técnico do São Bento

 

No retrospecto, pesam a favor do técnico os trabalhos feitos em Ituano e Vasco nos anos de 2014 e 2015, respectivamente, ambas as temporadas em que foi campeão estadual. Na equipe da região, Doriva exercia o cargo de auxiliar técnico desde 2009 e assumiu a beira do gramado em 2013, quando o time também teve boa campanha, mas caiu nas quartas de final.

Já no ano seguinte, com um grupo sem nenhuma estrela, o Galo venceu o Santos nos pênaltis na final, depois de eliminar o Botafogo nas quartas e o Palmeiras na semifinal. Daquele elenco campeão, Doriva voltará a trabalhar com o volante Paulinho, hoje no grupo beneditino.

No Vasco, em 2015, Doriva repetiu o feito de conquistar o título estadual (23º do cruzmaltino) vencendo na final o Botafogo. No Rio, ele contou com alguns jogadores que havia comandado no Ituano na temporada anterior, como o zagueiro Anderson Salles e o atacante Rafael Silva. Ele foi anunciado no Vasco em dezembro de 2014 e trabalhou na montagem do grupo, mas acabaria demitido posteriormente na temporada 2015, após o mau início no Campeonato Brasileiro.

Em sua apresentação, Doriva já adiantou que possui uma “lista” de possíveis reforços formada não apenas por jogadores que já treinou, mas também por outros atletas que podem se encaixar no perfil que o clube necessita. “São jogadores que você joga contra, ou que assiste jogar, pega uma informação para, justamente nesse momento de formação de elenco, buscar as peças que vão aportar o que você espera”, disse.

A maioria dos jogadores contratados pelo São Bento em 2019 assinaram contrato até o final da temporada, ou seja, para a disputa de Campeonato Paulista e Série B. Com o fracasso no estadual e a necessidade de renovar o elenco, o clube já adiantou que não vai colocar empecilhos para a saída de atletas que não queiram permanecer ou tenham outras propostas.

Com isso, a diretoria espera que os jogadores que ficaram abaixo do esperado e não têm perspectiva de crescimento sejam procurados por outros times, abrindo assim espaço para reforços. Por outro lado, alguns nomes como o goleiro Henal, o volante Fábio Bahia e o atacante Paulo Henrique, entre poucos outros que se destacaram no Paulistão, devem permanecer no grupo. (César Santana)

Comentários

CLASSICRUZEIRO