Esporte São Bento

São Bento vence e se afasta mais da zona de rebaixamento

Foi o segundo triunfo consecutivo da equipe, que volta a vencer em Sorocaba depois de mais de um mês
Azulão conquistou a vitória em casa. Crédito da foto: Erick Pinheiro

O torcedor que encarou o frio de 12ºC da noite desta terça-feira (4) foi presenteado com a vitória do São Bento por 1 a 0 sobre o Paysandu no CIC. Foi o segundo triunfo consecutivo da equipe, que volta a vencer em Sorocaba depois de mais de um mês, e que levou o Azulão a abrir uma vantagem um pouco maior para a zona de rebaixamento — agora de três pontos. O único gol da partida foi contra, do goleiro Renan Rocha, que viu a bola desviar nas suas costas e parar no fundo do gol após cobranca de falta de Anderson Salles que explodiu na trave no início do segundo tempo. Com o resultado, o São Bento chegou a 31 pontos e subiu duas posições, agora figurando em 12º na tabela de classificação da Série B. Já o Paysandu segue na zona de rebaixamento, agora em 18º, com 26 pontos.

Leia mais  Hino do São Bento ganha versão rock n'roll no aniversário do clube

O Azulão sorocabano volta a campo no sábado (8), quando vai a Caxias do Sul para enfrentar o Juventude no Alfredo Jaconi às 16h30. Trata-se de mais um confronto direto na luta contra o rebaixamento, já que os gaúchos, com 28 pontos, abrem o Z-4. Já o Paysandu recebe o Avaí na Curuzu no dia anterior em jogo que deve marcar a estreia do técnico João Brigatti. O Papão — que chegou a ser terceiro colocado — vem de uma sequência de sete jogos sem vencer.

O jogo

O São Bento começou mandando na partida mas somente quando o Paysandu equilibrou as ações as melhores chances começaram a ser criadas. O Bentão chegou a marcar com Joãozinho, de cabeça, mas a arbitragem assinalou impedimento. O time ainda teria uma outra boa chance com Samuel Santos, que completou cruzamento e viu a bola passar raspando a trave. Do outro lado, os paraenses responderam com Alan Calbergue cobrando falta com perigo e Renato Augusto, que cabeceou para grande defesa de Rodrigo Viana antes de a bola bater no travessão.

Na volta do intervalo, o São Bento partiu para o “abafa” e a estratégia deu resultado logo de cara. Aos 4’, Anderson Salles cobrou falta com categoria, a bola bateu na trave e nas costas do goleiro Renan Rocha antes de entrar. Apesar da festa do zagueiro beneditino, a arbitragem assinalou gol contra do camisa 1 do Papão. A partir de então, o Paysandu teve a bola mas praticamente não conseguiu criar, o que piorou ainda mais com a expulsão de Matheus Silva, que já tinha amarelo e matou um contra ataque aos 33’.

Leia mais  Boa atuação do São Bento contra o Vitória alivia pressão para jogo

São Bento 1 x 0 Paysandu

São Bento – Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro (Pedro Botelho); Fábio Bahia, Samuel Santos, Dudu Vieira (Ronaldo) e Diogo Oliveira (Rony); Francis e Joãozinho. Técnico: Marquinhos Santos
Paysandu – Renan Rocha; Matheus Silva, Perema, Diego Ivo e Diego (Jonathan); Renato Augusto, Nando Carandina (Claudinho), Alan Calbergue (Lúcio Flavio) e Thomaz; Guilherme Santos e Hugo Almeida. Técnico: Aílton Costa
Gols – Renan Rocha (contra) aos 4’ do 2T
Cartões amarelos – Celsinho (São Bento), Diego Ivo e Lúcio Flávio (Paysandu)
Cartão vermelho – Matheus Silva
Público – 1.348 pessoas
Renda – R$ 16.945
Árbitro – Claudio Francisco Lima e Silva – SE
Local – Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC)

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO