AGENDA


Agenda




Caio Fernando Abreu - O Clube de Leitura deste mês do Sesc tem como tema Palavras de Caio Fernando Abreu. Um encontro ocorre amanhã, às 16h, com coordenação de Talita Annunciato, crítica literária. A atividade tem entrada gratuita e ocorre na biblioteca da unidade. Nos encontros o público é convidado a conhecer, refletir e discutir sobre as obras do jornalista, dramaturgo e escritor brasileiro Caio Fernando Abreu (1948 - 1996). Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio Fernando Abreu, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, da angustiante solidão. Caio escreveu vários romances e contos, entre eles, "Pedras de Calcutá" (1977), "Morangos mofados" (1982), o livro que o tornou popular, "Os dragões não conhecem o paraíso" (1988), "Onde andará Dulce Veiga?" (1990) e "Limite branco" (1994). O Sesc fica na rua Barão de Piratininga, 555.

Teatro Mario Persico -
Três peças serão apresentadas no Teatro Escola Mario Persico neste final de semana. Hoje, às 20h, será encenado o espetáculo "Casa Poiesis", de Claudio Albuquerque. O texto fala do encontro de quatro amigos em uma mesa de bar e sobre o poder da palavra. Já amanhã, às 20h, é a vez de "Luiza -- Ou sobre uma canção que ela nunca soube cantar". A montagem é do Núcleo Híbrido de Pesquisa Cênica de Jundiaí. Luiza grava uma série de pequenos vídeos para seu marido, onde relata os motivos que a fizeram tomar a decisão de acabar seu casamento. Sem coragem de encará-lo frente a frente, utiliza esse recurso para dizer tudo que reverbera em seu coração. A encenação parte do Teatro Físico e da Dança-Teatro de Pina Bausch como linhas de pesquisa para sua construção. Fechando a programação do final de semana, no domingo, às 19h, sobe ao palco a peça "O despertar da primavera". Sexualidade e morte se conjugam na temática da peça. O espetáculo tem a direção de Vanessa Frisso e supervisão geral de Mario Persico. Os ingressos custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). O Teatro Escola Mario Persico fica na rua da Penha, 823.


O grupo Canideos participa de Festival de Bandas em Votorantim amanhã - DIVULGAÇÃO O grupo Canideos participa de Festival de Bandas em Votorantim amanhã - DIVULGAÇÃO


Festival de Bandas - A Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer de Votorantim realiza amanhã o Festival de Bandas, dentro da programação do projeto Vizinhos Culturais. O evento acontece a partir das 15h, no Complexo Urbanístico José de Oliveira Souza -- Praça Zeca Padeiro. Haverá shows das bandas Talrak e Canideos (Votorantim), Blucash (São Roque), Pictorica (Mairinque), Salles 72 (Sorocaba) e Nub (Alumínio). O projeto Vizinhos Culturais tem como objetivo fortalecer as ações culturais entre os municípios da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) e conta com a parceria entre os municípios de Votorantim, Sorocaba, São Roque, Mairinque e Alumínio. A Praça Zeca Padeiro está localizada na avenida 31 de Março, ao lado do Paço Municipal, no Centro.


Grupo Garagem 21 encena 'Esperando Godot' amanhã no Sesc - DIVULGAÇÃO Grupo Garagem 21 encena 'Esperando Godot' amanhã no Sesc - DIVULGAÇÃO


"Esperando Godot" - Influenciada por estética de animes, mangás, teatro oriental e dança contemporânea, o espetáculo teatral "Esperando Godot" será encenado no Sesc amanhã, às 20h, no teatro da unidade. A peça será apresentada pelo Grupo Garagem 21 e é influenciada pelo teatro de Tadeusz Kantor. A peça narra a história de dois personagens que aguardam a chegada de Godot, que nunca aparece. O texto é de Samuel Beckett, a direção e trilha sonora são de Cesar Ribeiro e o elenco é composto por Paulo Campos (Estragon), Ulisses Sakurai (Vladimir), Paulo Olyva (Pozzo) e Cadu Leite (Lucky e menino). A duração do espetáculo é de 140 minutos, com intervalo de 15 minutos. Os ingressos custam R$ 5 para credenciados no Sesc e dependentes (credencial plena), R$ 8,50 para aposentados (pessoas com mais de 60 anos), pessoas com deficiência, estudantes e servidores da escola pública com comprovante e R$ 17 inteira. A classificação etária é 12 anos. O Sesc fica na rua Barão de Piratininga, 555.


A cantora gaúcha Valéria Houston faz show em Votorantim - DIVULGAÇÃO A cantora gaúcha Valéria Houston faz show em Votorantim - DIVULGAÇÃO


Parque da Autonomia - Acompanhada pelo músico Guilherme Moscardini, a cantora gaúcha Valéria Houston volta ao Parque da Autonomia para um show amanhã, às 20h. Composta por canções nacionais e internacionais representativas da trajetória da cantora, a apresentação terá ainda participação especial da artista Flor Maria (Piedade). Os ingressos podem ser adquiridos pela internet (https://pag.ae/bgxq9cW) com o preço promocional de R$ 10. No local, o ingresso custa R$ 15. O show traz provocações críticas acerca das questões de gênero, sexualidade, direitos políticos e as normatividades afetivas. Valéria também conversará com o público sobre questões referentes à sua carreira e o percurso enquanto mulher negra e transexual. Cantora há mais de duas décadas, Valéria foi semifinalista do programa "Astros" do SBT e foi a artista convidada a abrir o show de Kate Perry na sua turnê pelo Brasil em 2018. A vinda de Valéria, Guilherme Moscardini e Flor Maria integra as ações do Movimento Salve o Parque da Autonomia -- espaço que segue promovendo ações educacionais, artísticas e culturais na cidade de forma completamente independente, contando com apoio da sociedade civil, empresas e artistas nacionais e internacionais. O Parque da Autonomia fica na rua João Gugoni, 26, Jardim Icatu, em Votorantim.

"Homo-inquisição" - O espetáculo teatral "Homo-inquisição", da companhia teatral Madre Mio, encerra temporada hoje com sessão às 20h, no teatro da Escola Municipal Professora Inês Rodrigues Cesarotti (rua José Trugillano, s/nº, no Parque Vitória Régia). A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados no local com antecedência. Escrito e dirigido por Marcelo Jamal, a peça narra a história de Célia, uma mulher moderna e bem sucedida profissionalmente, mas que tem os sentimentos contrastados pela angústia diante do fato de sua sexualidade não ser aceita pela família. Segundo o diretor, o espetáculo propõe reflexões a públicos variados, já que é narrada do ponto de vista desta personagem, ora como uma espécie de voz da consciência que, aos poucos, transborda ao descobrir sua própria sexualidade, ora como grito, que explode o protesto e escancara os preconceitos sofridos diariamente, pela família e pela sociedade. A montagem tem trilha sonora variada, com peças de Mozart, e canções da Banda mais Bonita da Cidade e Francisco, el Hombre. O elenco é formado por Camila Faraveli, Adryan Ryan, Gabriel Saetre, Jullia Waleska, Ana Luíza, Damaris Viana, Wellington Henthyz, Marcos Gunner e Gabriel Lima.