REPÓRTER CIDADÃO


Buraco




Uma equipe da Prefeitura esteve na rua Paulina Bersani Migliori, no Wanel Ville, para consertar um buraco no asfalto -- porém deixou para trás outro, que está a apenas alguns metros, na mesma via. Segundo relato de moradores da região, a informação é de que a solicitação já está registrada, mas para a realização do serviço, reclamado há 90 dias, é preciso aguardar uma lista de espera. A situação chama atenção pela falta de planejamento para a execução dos serviços, já que reparos no asfalto acabam de ser feitos na mesma rua.





Por mais um ano, os devotos de Santa Rita de Cássia lotaram a paróquia na Vila Santana -- tanto a parte interna como externa da igreja -- para a tradicional bênção das rosas, que acontece sempre ao meio-dia de 22 de maio. É um momento de muita emoção para os fieis, que fazem seus pedidos e agradecimentos sempre com as flores nas mãos. O registro do detalhe foi feito pelas lentes do repórter-fotográfico Fábio Rogério.


Buraco




A falta de manutenção de calçadas sempre é sinônimo de risco iminente de acidentes. A foto mostra um buraco fundo, bem na lateral da calçada que passa pelo canteiro central da avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, num ponto onde há grande circulação de pedestres -- nas proximidades do Fórum Trabalhista e da Biblioteca Municipal. Para um pedestre desatento, está fácil levar um tombo ou tropeção. Os usuários da calçada aguardam que seja feito o conserto do pavimento no local.


Dobraduras




Um pequeno pedaço de papel transformado numa infinidade de coisas. Assim é a dobradura, que mesmo com toda a tecnologia disponível nos dias de hoje, ainda encanta as crianças. Na imagem do repórter-fotográfico Emídio Marques o detalhe da pequena Isabela Souza Inácio, de 4 anos, durante a oficina de dobraduras. A atividade é gratuita e acontece todas as quartas-feiras, às 9h e às 14h, na Biblioteca Infantil "Renato Sêneca de Sá Fleury", localizada no centro de Sorocaba.


PREPARAÇÃO




Antes de entrar em ação, todo artista tem seu momento de preparação. As lentes do repórter-fotográfico Fábio Rogério flagraram o ator Marco Antonio Fera pouco antes da apresentação do espetáculo "Ilu Okan - o que minha vó me contou", do Grupo Trança de Teatro, numa proposta de levar a cultura negra para as escolas públicas de Sorocaba. Até o dia 8 de junho, dez escolas terão contato com a apresentação e com os artistas, num projeto patrocinado pela Lei de Incentivo à Cultura de Sorocaba.