BLOG DO SÃO BENTO


São Bento arranca empate com o Coritiba pela Série B




O São Bento trouxe um ponto do confronto com o Coritiba, no Estádio Couto Pereira, na tarde deste sábado (21), em partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas conseguiu o empate com dois gols de Ricardo Bueno. Yan Sasse e Wilson marcaram para o time alviverde. Com o resultado, o Azulão sobe duas posições na tabela, chegando à 14ª colocação, com 18 pontos. Já o alviverde do Paraná desce um degrau e ocupa o nono lugar, com 24 pontos.

O próximo compromisso do São Bento será num duelo direto diante do Sampaio Corrêa, 18º colocado, na terça-feira (24), às 21h30, no Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), em Sorocaba. Já o Coritiba vai enfrentar o Goiás, no Estádio Olímpico, fora de casa, às 19h15.


São Bento pega o Coritiba neste sábado na capital paranaense




O frio na barriga será inevitável para Marquinhos Santos, ao caminhar do vestiário até o túnel que dá acesso ao gramado do Couto Pereira. O coração, provavelmente, baterá mais forte quando o filme dos 121 jogos à frente do Coritiba vier à mente. Anunciado há 23 dias como novo técnico do São Bento, ele pode ser um dos principais triunfos beneditinos no confronto deste sábado (21), às 16h30, contra o time paranaense, fora de casa. Há a esperança de que a identificação e o conhecimento que o treinador adquiriu ao treinar o Coxa entre 2012 e 2015 pese a favor do Azulão, na tentativa de deixar para trás o jejum na Série B do Campeonato Brasileiro: são cinco partidas consecutivas sem vencer.

No Coritiba, o histórico do treinador teve 58 vitórias, 28 empates e 35 derrotas. Em 2013, foi campeão paranaense e, em 2015, tirou o clube de um rebaixamento praticamente fadado a acontecer. Na última entrevista antes de viajar à capital paranaense, Marquinhos Santos falou que conhece cada canto do Couto Pereira. Embora o elenco atual seja bem diferente se comparado ao da última passagem dele por lá, ele acredita que a identidade com o adversário pode contribuir para ajudar o São Bento.

"(O Coritiba) é uma equipe muito forte jogando em seus domínios e tem uma torcida apaixonada, que empurra do primeiro ao último minuto. Mas, também, no momento que não consegue jogar, cobra muito. Temos de saber trabalhar com essa questão, esse fator emocional. Temos de nos portar como uma equipe equilibrada tática e mentalmente, bem postada defensivamente e aproveitar as oportunidades que aparecerem", comentou ele, que tem vários desfalques para o duelo.

Para o lateral-esquerdo Marcelo Cordeiro, um dos pilares do grupo em termos de liderança, o trabalho de Marquinhos Santos tem sido importante "para minimizar os erros". "A gente sabe que o grupo ainda não é ideal, pela falta de peças. Mas, aqueles que estão aqui, estão fazendo de tudo para voltar o mais rápido possível a pontuar. Seria muito importante voltar de Curitiba com no mínimo um ponto", disse. O São Bento é o 16º colocado na competição, com 17 pontos, enquanto o Coritiba ocupa a nona posição, com 23 pontos.

No Coxa, as novidades são o zagueiro Rafael Lima, recém-contratado e que já está registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e o lateral Leandro Silva, que retorna após cumprir suspensão automática. Sorocabano, ele foi revelado na base do Atlético Sorocaba na mesma safra de Luan, Bruninho e outros.

Acompanhe

A Rádio Cruzeiro FM 92,3 transmite o jogo, com abertura a partir das 16h. A narração é de Nilson Duarte, reportagens de André Fazano, comentários de Érico Bueno, apresentação de Rodrigo Gasparini e plantão de Juarez Morato.

CORITIBA X SÃO BENTO

Coritiba - Wilson; Leandro Silva, Rafael Lima, Thalisson Kelven e William Matheus; Vitor Carvalho, Uillian Correia e Yan; Guilherme Parede, Alisson e Jonatas Belusso. Técnico: Eduardo Baptista

São Bento -
Rodrigo Viana; Tony, Ewerthon Páscoa, Luizão e Paulinho; Doriva, Fábio Bahia, Maicon Souza, Marcelinho e Cléo Silva; Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos

Árbitro - Emerson de Almeida Ferreira

Local - Estádio Couto Pereira

Horário - 16h30


Roni ainda busca condições físicas ideais




Embora ainda não tenha condições ideais para encarar o Coritiba, o atacante Roni, de 27 anos, garante estar bastante motivado para defender as cores azuis e brancas do São Bento -- ontem foi o primeiro treino dele com o elenco. O jogador pertence ao São Paulo e chega por empréstimo. No Tricolor, o atleta pouco jogou: foram somente cinco partidas oficiais, depois de se destacar no Mogi Mirim, em 2013, no Campeonato Paulista.

O último clube do currículo foi o Belenenses, de Portugal, onde disputou a temporada 2017/2018. Antes disso, entretanto, Roni teve uma passagem pelo Adanaspor, da Turquia, com um pouco mais de destaque. Lá, ele chegou a ser chamado carinhosamente pela torcida de "Wayne Roni", em referência ao atacante inglês Wayne Rooney que, hoje, aos 32 anos, atua no futebol dos Estados Unidos, pelo DC United. "Eu consegui fazer 10 gols e o pessoal estava meio que comparando, mas deixa para lá essas histórias", cita ele, sorridente.

Mas, até poder ser comparado ao maior artilheiro da seleção inglesa, Roni passou por um grande susto. Ele desembarcava -- acompanhado do lateral Digão e do empresário Décio Oliveira -- na Turquia no mesmo dia em que houve um atentado terrorista no aeroporto de Ataturk, em Istambul, com registro de 42 mortos e 239 feridos, em 28 de junho de 2016. "Cheguei num momento delicado, infelizmente", lembra.

Ao torcedor beneditino que não conhece tanto as características do jogador, ele apresenta suas credenciais: "Sou um atacante de lado, mas na Europa joguei no meio também. Do meio para frente estou à disposição. Vou para cima, sempre procurando o gol."