Economia

Sicredi deve investir mais de R$ 200 mi em 250 agências

Sicredi deve investir mais de R$ 200 mi em 250 agências
Crédito da foto: Marcos Santos/ USP Imagens

O Sicredi deve investir neste ano mais de R$ 200 milhões na abertura de mais 250 agências no Brasil. Parte delas ficará em municípios do Espírito Santo, Estado onde a instituição financeira cooperativa ainda não tem presença física, segundo nota.

Em 2020, o Sicredi atingiu 2 mil unidades em todo o País, após a inauguração de 150 agências, mais concentradas em São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Amazonas e Paraíba.

“A atuação em grandes centros urbanos e em regiões mais remotas tem permitido ao Sicredi fomentar a competitividade no sistema financeiro nacional e, ao mesmo tempo, promover a inclusão financeira, um dos principais desafios da atualidade no Brasil”, disse a instituição no comunicado.

O número de associados atualmente supera 4,5 milhões. O Sicredi está presente em mais de 1.400 municípios de 23 Estados, além do Distrito Federal. Em mais de 200 cidades, é a única instituição financeira fisicamente presente.

O projeto de expansão abrange aumento da presença física e investimentos em soluções digitais, segundo o presidente do Conselho de Administração do Sicredi (SicrediPar) e integrante do Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito, Manfred Alfonso Dasenbrock. “O conceito que trabalhamos é o ‘fisital’, no qual as soluções digitais apoiam o relacionamento físico”. Na nota, o Sicredi cita estudos que apontam benefícios da presença física de cooperativas de crédito em pequenos municípios brasileiros. Um deles, “Benefícios do Cooperativismo de Crédito: impacto sobre a bancarização”, mostra que as cooperativas têm mais capacidade de prover serviços financeiros em regiões mais isoladas e rurais do que bancos tradicionais. (Estadão Conteúdo)

Comentários