fbpx
Economia

Região de Sorocaba perde 750 vagas na indústria em agosto

Em julho, o saldo tinha sido positivo, de 150 postos de trabalho
Os segmentos de veículos automotores e autopeças foram os que mais influenciaram negativamento o saldo na região. Crédito da foto: Divulgação / VW

As indústrias da região de Sorocaba tiveram um saldo negativo no emprego em agosto, com demissão de 750 trabalhadores, conforme pesquisa divulgada pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). Em julho, o saldo tinha sido positivo, de 150 postos de trabalho. No acumulado do ano houve queda de aproximadamente 1.900 vagas e nos últimos 12 meses também queda, de 2.100 empregos.

A Regional Sorocaba do Ciesp é formada por 48 municípios. Na comparação entre agosto de 2019 e agosto de 2018, o cenário atual é pior, pois o saldo no mês do ano passado tinha sido de 600 contratações. Na região, os segmentos que mais influenciaram negativamente no indicador foram: veículos automotores e autopeças (-6,18%); produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (-0,81%); produtos químicos (-0,42%); e produtos de borracha e de material plástico (-0,70%).

Leia mais  Trabalhadores ainda têm dúvidas sobre saques do FGTS

 

De acordo com o diretor titular do Ciesp Sorocaba, Erly Domingues de Syllos, os números ainda refletem a incerteza política e econômica do País. “As reformas estruturais são condições necessárias para a retomada do crescimento, visto que os planos de investimento só serão estimulados na medida em que a incerteza for reduzida”, observa Syllos.

No Estado

A indústria paulista fechou 5 mil vagas de emprego em agosto. No acumulado do ano, São Paulo também acumula saldo negativo, de 5.500 postos.

Segundo o vice-presidente da Fiesp e do Ciesp, José Ricardo Roriz, o resultado do mês passado é convergente com a média para o mês de agosto, observada desde 2011, influenciada pelos setores de veículos e couro e calçados.

Em agosto de 2019, dos 29 segmentos analisados no Estado, 11 registraram demissão, 11 permaneceram estáveis e sete contrataram. Entre as 37 diretorias regionais do Ciesp, 65% apresentaram resultados negativos, sendo 24 com demissões, oito estáveis e cinco com contratações. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários