Economia

Parque Tecnológico recebe evento sobre a indústria automobilística 4.0

Cerca de 800 pessoas participam do evento na manhã desta quarta (05)
O auditório principal está reunindo palestrantes de setores ligados à temática do encontro. Foto: Emídio Marques (5/6/2019)

Um evento com o tema “O Automóvel e a Indústria Automobilística 4.0” recebe, na manhã desta quarta-feira (05), no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS), a participação de cerca de 800 pessoas. O auditório principal está reunindo palestrantes de setores ligados à temática do encontro.

A realização do evento é feita em parceria entre o PTS e a Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Sorocaba, por meio do Núcleo de Estudos e Pesquisa Tecnológica em Indústria 4.0 (NeptInd 4.0).

Leia mais  Em São Paulo, patinetes elétricos somem das ruas

 

Para o presidente do PTS, Roberto Freitas, o evento é uma oportunidade de reunir grandes assuntos da atualidade. Ele lembra da vocação sorocabana no que se refere à indústria automotiva. “A cidade, inegavelmente, é um polo do setor, abrigando a Toyota e outras empresas ligadas ao segmento”, lembra.

O diretor da Fatec Sorocaba, Luiz Carlos Rosa, diz que a proposta veio em um momento oportuno, principalmente após o governador João Dória (PSDB) ter anunciado recentemente que a cidade, entre outras do Estado, está inserida em quatro polos de desenvolvimento econômico da indústria (automotivo, metal-metalúrgico, têxtil e de vestuário).

Sorocaba tem vocação no que se refere à indústria automotiva. Foto: Emídio Marques (5/6/2019)

Na prática, segundo o Governo do Estado, a inserção busca fomentar e incentivar o aumento da produtividade da indústria, atraindo investimentos e impulsionando a inovação e a geração de empregos e renda.

“A gente está sempre muito preocupado com essa vanguarda tecnológica. Desde a década de 70, estamos percebendo a manufatura sendo substituída pela atividade intelectual, então precisamos nos atualizar com frequência”, comenta Rosa. “Até para se equiparar ao mundo, senão ficamos para trás. Não tem saída, a automação é o presente e o futuro”, acrescenta ele, lembrando da importância do curso de tecnologia em eletrônica automotiva como formador de profissionais à cidade.

O quadro de palestras, que teve início com o presidente da VDI Brasil, Mauricio Hiroshi Muramoto, e recebeu o engenheiro de produto da Mercedes Benz no Brasil, Jonathan Peter Marxen, segue com outros palestrantes até 12h30.

Comentários

CLASSICRUZEIRO