Economia

Negociação governo e Caixa trava programa habitacional

Negociação governo e Caixa trava programa habitacional
Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (06/11/2017)

Na tentativa de ampliar o número de novos financiamentos pelo Minha Casa, Minha Vida, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) tem encarado uma negociação dura com a Caixa, para diluir o pagamento dos subsídios a duas faixas do programa habitacional ao longo do prazo dos contratos, que podem durar até 30 anos. Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o banco resiste à mudança, sobretudo num momento em que seu caixa já está pressionado pelas medidas adotadas na crise.

O impasse acabou travando as negociações do novo programa habitacional, chamado provisoriamente de Casa Verde Amarela e que será uma das frentes da nova política social da gestão Jair Bolsonaro. Fontes do governo contavam em lançar o novo Minha Casa no fim de junho, o que não vai se confirmar.

Leia mais  Bolsa fecha em alta de 1,44% e avança 11% no mês

O entrave se soma à dificuldade da pasta em conseguir convencer a área econômica a reduzir as taxas de juros praticadas nesses financiamentos. A administração do FGTS resiste porque a cobrança de um juro menor afetará a rentabilidade do fundo, que também está com o caixa sobrecarregado pelas ações de socorro a pandemia. (Estadão Conteúdo)

Comentários