Economia

Monitor da FGV aponta queda de 4% no PIB/2020

Monitor da FGV aponta queda de 4% no PIB/2020
Crédito da foto: Marcello Casal Jr. / Arquivo Agência Brasil

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro recuou 4% no ano de 2020, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Pelo lado da oferta, indústria e serviços recuaram, enquanto a agropecuária cresceu 2% no ano passado. Sob a ótica da demanda, houve retração em todos os componentes, com destaque para a queda de 5,2% no consumo das famílias.

“A expressiva queda de 4% da economia em 2020 consolida retrações disseminadas em diversas atividades econômicas, em decorrência da pandemia de Covid-19”, avaliou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV, em nota oficial. “Os desafios para 2021 mostram-se grandes a partir deste cenário, tendo em vista que devido ao crescimento lento de 2017-2019 a economia não havia sido capaz de recuperar as perdas da recessão de 2014-2016. Com o choque adverso enfrentado em 2020, que ainda não foi totalmente eliminado, os resultados de 2014, pico da série histórica, parecem cada vez mais distantes de serem alcançados”, completou.

Leia mais  Vendas da indústria paulista crescem 2,6%

O Monitor do PIB antecipa a tendência do principal índice da economia a partir das mesmas fontes de dados e metodologia empregadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pelo cálculo oficial das Contas Nacionais.

O PIB teve um crescimento de 3,4% no quarto trimestre de 2020 em comparação ao terceiro trimestre. Em relação ao quarto trimestre de 2019, o PIB teve uma retração de 0,8%.

No mês de dezembro, o PIB apresentou crescimento de 1% ante novembro de 2020. Na comparação com dezembro de 2019, houve expansão de 1,4% em dezembro de 2020, o primeiro resultado positivo após nove meses consecutivos de quedas. (Estadão Conteúdo)

Comentários