Economia

Impressão 3D viabilizará 360 mil artigos por ano em fábrica de Sorocaba

Equipamento imprime peças de diversas características, formatos, tamanhos, modelos, tipos e funcionalidades
O equipamento imprime peças de diversas características, formatos, tamanhos, modelos, tipos e funcionalidades. Crédito da Foto: Erick Pinheiro (2/7/2019)

A nova impressora 3D da Flex, instalada em Sorocaba, vai acelerar o processo de criação e fabricação de novos produtos na unidade. O equipamento, criado pela companhia Hewlett-Packard (HP), foi apresentado na manhã desta terça-feira (2) pelo presidente da HP, Claudio Raupp, e pelo diretor-geral e vice-presidente da Flex no Brasil, Leandro Santos.

Leia mais  Em Israel, coração é impresso em 3D a partir de tecido humano

 

Raupp explica que, com a impressora, a empresa poderá efetivamente desenvolver produtos classificados, anteriormente, apenas como ideais pela falta de um equipamento adequado para imprimi-los. A máquina “é uma forma de digitalizar a manufatura”, esclarece. Com isso, o tempo de desenvolvimento das peças será menor. Isso porque o equipamento é capaz de produzir, em larga escala, peças que, na manufatura tradicional, são fabricadas de forma mais lenta e em pequenas quantidades.

A partir disso, o tempo de idealização do projeto, testes do produto e início definitivo da fabricação é sintetizado.

Segundo Raupp, a utilização da impressora 3D também reduz em 50% os custos de produção. O primeiro fator responsável pela diminuição dos gastos, afirma, é a falta de necessidade de produção em alto volume. Com a nova máquina, ao contrário do processo de manufatura, é possível produzir artigos sob demanda, e não somente em ampla escala. Assim, completa, a empresa não precisa, necessariamente, adotar inventário. Conforme Raupp, isso significa menos capital parado.

Além disso, a máquina produz artigos completos. Ou seja, com essa ferramenta, não é preciso fabricar separadamente as partes de uma peça e depois concectá-las. O equipamento imprime peças de diversas características, formatos, tamanhos, modelos, tipos e funcionalidades. Essa vantagem reduz, também, a receita com importação.“Traz muito mais eficiência no uso do capital”, afirma Raupp.

Impressão 3D viabilizará 360 mil artigos por ano em fábrica de Sorocaba
Leandro Santos, diretor-geral e vice-presidente da Flex no Brasil, e Claudio Raupp, presidente da Hewlett-Packard (HP). Crédito da Foto: Erick Pinheiro (2/7/2019)

Outro diferencial do equipamento é o sistema de impressão, chamado de Multi Jet Fusion. Nesse modelo, a matéria-prima é utilizada em forma de pó, e o equipamento imprime minuciosamente cada voxel (menor unidade em espessura). Assim, o acabamento, a qualidade e a resistência da peça tornam-se maiores.

De acordo com Leandro Santos, a impressora, exclusiva da HP, foi importada de Cingapura e é a primeira da América Latina. A máquina chegou à unidade da Flex em Sorocaba há 30 dias e foi instalada no Instituto de Tecnologia (FIT) da empresa. Segundo Santos, durante o mês de julho, serão realizados treinamentos com a ferramenta. Já o desenvolvimento de produtos deve começar, definitivamente, em setembro.

Um dos protótipos a ser colocado em prática é um óculos para deficientes visuais que transforma imagem em som. Um detector de retirada de capacete, voltado especificamente para a Flex, também deve começar a ser produzido. Outro artigo a ser fabricado com o auxílio da impressora é um detector de falta de energia.

Santos estima que, por ano, a empresa produzirá, com a máquina, até 300 mil produtos pequenos e até 60 mil artigos de grande porte. “[A impressora] transforma uma ideia de produto em um produto”, diz ele.

A Flex firmou parcerias com universidades da cidade para que projetos idealizados nas instituições sejam colocados em prática com o auxílio da impressora. As instituições participantes são a Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens), a Faculdade de Tecnologia (Fatec), a Universidade Federal de São Carlos (UFScar) e a Universidade de Sorocaba (Uniso). (Vinícius Camargo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO