Economia

Governo deixou de arrecadar R$ 171 bi com renúncias fiscais

Governo deixou de arrecadar R$ 171 bi com renúncias fiscais
Crédito da foto: Marcos Santos/ USP Imagens

As renúncias fiscais do governo federal somaram R$ 171 bilhões no primeiro semestre de 2020. O número foi calculado pelo “Privilegiômetro Tributário”, ferramenta lançada ontem pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco) para monitorar as perdas resultantes da desoneração de impostos que beneficia determinados setores da economia.

A iniciativa surge no contexto de retomada das tratativas para avançar com a reforma tributária no Congresso Nacional. Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, entregou aos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e David Alcolumbre, uma primeira proposta com parte das mudanças.

“É de extrema importância debater o fim de privilégios fiscais, dos impactos negativos deles ao orçamento federal e, por consequência, ao desenvolvimento do País”, diz a Unafisco. (Estadão Conteúdo)

Comentários