Economia

Gol e Latam dividem principais ativos da Avianca Brasil em leilão

Apesar do leilão, a Anac possui autorização da Justiça para redistribuir os slots entre as companhias



Funcionários da Avianca Brasil param em SP e RJ e voos são cancelados
Avianca Brasil teve suspensa pela Anac a permissão para voar. Crédito da Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes e a Latam Airlines Brasil arremataram os principais lotes de Unidades Produtivas Independentes (UPIs) da Avianca Brasil levados a leilão realizado em São Paulo nesta quarta-feira (10).

Leia mais  Anac suspende operações da Avianca Brasil a partir desta sexta (24)

 

Com um lance de US$ 70 milhões, a Gol arrematou o Lote 1 (UPI A) de ativos da Avianca, composta por 20 voos de Guarulhos, 12 voos do Santos Dumont e 18 voos de Congonhas. Pelo mesmo valor, na sequência, a Latam levou o Lote 2 (UPI B), integrado por 26 voos de Guarulhos, 8 voos do Santos Dumont e 13 voos de Congonhas.

O lote 3, composto pelas UPIs C,D, e E, foi desmembrado para receber lances individuais. A UPI D, composta por seis voos de Guarulhos, quatro voos do Santos Dumont e quatro voos de Congonhas, foi arrematada pela Gol por US$ 10 mil. E no único lote em que houve uma disputa, o lote 6 (UPI E), composto por seis voos de Guarulhos, quatro voos do Santos Dumont e nove voos de Congonhas, a Gol venceu com uma oferta de US$ 7,3 milhões.

Dos blocos ofertados, dois não receberam propostas: a UPI F, composta por 23 voos de Congonhas, e a UPI do programa de fidelidade. Ao todo, o leilão arrecadou US$ 147,320 milhões. No pagamento, Gol e Latam devem descontar US$ 13 milhões cada uma — valor que haviam emprestado para a Avianca continuar operando.

O valor arrecadado ficou aquém do esperado pela Elliott, gestora americana e maior credora da Avianca Brasil, com 74% da dívida. A companhia esperava que o leilão levantasse cerca de US$ 200 milhões.

Risco

Apesar do resultado do leilão, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) possui uma autorização da Justiça para redistribuir os slots da Avianca entre as companhias aéreas, o que pode fazer com que o resultado do certame seja contestado.

A Anac suspendeu a permissão de voo da Avianca em junho e decidiu pela retomada imediata dos slots da companhia, com base no descumprimento das regras estabelecidas para a manutenção das janelas de operação. Por isso, o pagamento da Gol e da Latam só será efetuado após decisão judicial. (Da Redação, com informações de Fabiana Holtz e Luciana Dyniewicz – Estadão Conteúdo)

Comentários

CLASSICRUZEIRO