Economia

Cresce faturamento do setor de máquinas

Cresce faturamento do setor de máquinas
Alta foi de 9% em setembro. Crédito da foto: Luiz Setti / Arquivo JCS

O faturamento líquido total do setor de máquinas e equipamentos cresceu 9,8% em setembro comparativamente a agosto. Na comparação de setembro com idêntico mês no ano passado, o faturamento líquido total do setor avançou 13,3%, informou a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). No acumulado do ano, período que compreende os meses de janeiro a setembro, o faturamento líquido do setor de máquinas e equipamentos recuou 1,3%.

O saldo comercial da indústria de máquinas e equipamentos brasileira encerrou o mês de setembro registrando um déficit 11,7% maior que em agosto, segundo apurou a Abimaq. No mês passado, o déficit comercial do setor — exportações menos importações — somou US$ 662,65 milhões.

Na comparação com setembro do ano passado, o déficit comercial do setor de máquinas e equipamentos cresceu 0,5% e no acumulado do ano, 23,2%. Em valores, o saldo comercial do setor é negativo em US$ 6,051 bilhões. O déficit comercial da indústria de máquinas e equipamentos em setembro decorre de um total de US$ 1,110 bilhão em importações e exportações de US$ 648,11 milhões.

Leia mais  Bolsa fecha em queda de 2,95%

Empregos

O quadro de empregados na indústria de máquinas e equipamentos ao final de setembro registrava 314.809 trabalhadores. Esse número é 2% superior ao registrado em agosto e 2,3% acima do quadro de funcionários empregados pelo setor no mesmo mês do ano passado.

No acumulado do ano, o nível de empregados na indústria de máquinas e equipamentos acumula ligeiro crescimento de 0,5%, indicando que todos os empregos destruídos pelo momento mais agudo da pandemia já foi recuperado. (Francisco Carlos de Assis – Estadão Conteúdo)

Comentários