Economia

Associação Comercial dá posse ao seu Conselho Consultivo

Por iniciativa do Sérgio Reze, empreendedor sorocabano há mais de 60 anos, nasceu o Instituto Defenda Sorocaba no final de 2012, no momento em que a Prefeitura do Município deu indicativos de que pretendia obter da Câmara de Vereadores uma rápida aprovação de alterações no Plano Diretor de Sorocaba, de 2004, que já havia sofrido mudanças em 2007.

Pois bem, o Instituto Defenda Sorocaba se caracteriza pela união de um grupo de pessoas de nossa sociedade que se reuniu de modo espontâneo para debater e elaborar propostas de políticas públicas, de reformas estruturais e de desenvolvimento econômico e social de nossa cidade.

Recentemente eleito para presidir a Associação Comercial de Sorocaba, Sérgio Reze entendeu que os ideais do jovem IDS com a quase centenária entidade que representa o comércio de nossa cidade se completam. Assim, após decisão da Diretoria Executiva da Associação Comercial, lavrada em ata, se decidiu pela criação do Conselho Consultivo da Associação Comercial que nasce com os mesmos compromissos de pensar a Sorocaba que somos e a que desejamos.

Leia mais  Remédios podem ficar até 10,08% mais caros a partir desta quinta

Dessa forma, no sábado, dia 7 de julho de 2018, os novos integrantes do Conselho Consultivo da Associação Comercial que tomaram posse (veja abaixo os nomes dos seus integrantes) são personalidades de notório saber e experiência na vida pública sorocabana.

O compromisso do Conselho Consultivo é o de promover seminários ou encontros sobre temas de sua agenda envolvendo a formulação de políticas e diretrizes específicas, voltadas à resolução de problemas de nossa cidade. Serão opiniões que serão lavradas pela direção da Associação Comercial e encaminhadas aos representantes legítimos de nossa sociedade seja o prefeito, vereadores, justiça, ministério público ou até mesmo o governador e seus secretários ou o presidente e seus ministros.

O que vai nortear o trabalho do Conselho Consultivo da Associação Comercial é a compreensão de que cabe ao povo sorocabano responder quando devem ser tomadas as decisões que lhe afetam, em especial sobre qual é a cidade que ele deseja para o futuro: uma Sorocaba com a qualidade de vida que temos hoje, orientando trabalhos para melhorá-la, ou com a degradação de uma cidade de quase 2 milhões de habitantes, conforme indicam as propostas de mudanças do novo Plano Diretor?

Certamente é possível a cidade crescer com boa qualidade de vida, e isto é e será perseguido pela diretoria da Associação Comercial sem pretensão alguma de barrar o crescimento do município, mas sim, de discutir como preservar a qualidade de vida, aliada ao seu natural e sadio crescimento e desenvolvimento.

Leia mais  Agravamento da pandemia afeta indústria, avalia IBGE

Integrantes do Conselho Consultivo da Associação Comercial de Sorocaba:

1. Aldo Vannucchi

2. Alexandre Latuf

3. Carlos Azevedo Marcassa

4. Erly Domingues de Syllos

5. Gustavo Frederico Schrepel

6. José Carlos Carneiro

7. José Francisco Moron Morad

8. Laelso Rodrigues

9. Luiz Almeida Marins Filho

10. Luiz Cristiano Leite da Silva

11. Marcos Donizete Aidar

12. Maria do Carmo C. Lopes Soeiro – Lila

13. Padre Flávio Jorge Miguel Júnior

14. Pascoal Martinez Munhoz

15. Paulo Walter Leme dos Santos

16. Rodolfo Machado de Araújo

17. Sandra Yukari S. Lanças

18. Telmo Pereira Cardoso

19. Valdir Euclides Buffo Júnior

20. Vânia Regina Boschetti

21. Arthur Fonseca Filho

Também integram o Conselho Consultivo os membros da diretoria Executiva

da Associação Comercial de Sorocaba

Leia mais  Balança tem superávit de US$ 1,4 bi em março

Presidente – Sérgio Antônio Reze;

Vice-Presidente – Luís Gustavo Meiken;

1º Secretário – Leila Rovella Scordamaglia Barros;

2º Secretário – Luiz Issao Kagiyama;

1º Tesoureiro – Denise Maria Baptistella;

2º Tesoureiro – Hygor Paulo Duarte da Silva;

Relações Públicas – José Alberto Cépil;

Diretor de Patrimônio – Leandro Valle Cussiol.

Além dos assessores da diretoria executiva da Associação Comercial de  Sorocaba: Paulo Dias, Celso Ribeiro (Marvadão), Mariana Camargo Corrêa,  Mário Marcos Moreira e Djalma Luiz Benette (Deda)

Comentários