Buscar no Cruzeiro

Buscar

Sorocaba receberá maratona do ‘Megalobox’

02 de Fevereiro de 2019 às 14:06

Junk Dog sobrevive nas favelas da cidade disputando lutas clandestinas de megalobox. Foto: Divulgação

Sorocabanos que são fãs de animes podem comemorar: salas de cinema da cidade estão incluídas na maratona do filme “Megalobox”. A produção chega em grande estilo ao Brasil: em versão dublada para o português, em uma maratona especial nos dias 18 e 19 de fevereiro, em 31 complexos da rede Cinépolis, incluindo a Sala 6 do Iguatemi Esplanada. Ambas as sessões começam às 19h30 e têm duração de 143 minutos. A pré-venda de “Megalobox” já começou. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.cinepolis.com.br/pre-vendas e também na bilheteria por R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

A maratona divide os 13 episódios da série em duas partes: os episódios do 1º ao 6º serão exibidos no dia 18 de fevereiro e os episódios do 7º ao 13º no dia 19. O evento é resultado de parceria entre a Cinépolis e a Lança Filmes. A iniciativa pretende trazer para as telas de cinema outros conteúdos exclusivos, como séries e filmes para fãs de anime.

“Megalobox” é uma produção do estúdio TMS Entretainment, responsável por clássicos como a série “Detetive Conan” e o cultuado longa “Akira”, de Katsuhiro Ôtomo. Com direção de Yo Moriyama, a história gira em torno de um sujeito sem nome e sem passado, que sobrevive como lutador nos ringues clandestinos do megalobox, esporte onde os competidores utilizam um exoesqueleto chamado Guear, que torna as disputas mais excitantes e letais.

Utilizando o pseudônimo Junk Dog, ele vive uma vida às sombras da fama e frustrado por participar de batalhas fraudulentas. Até que um dia Yuri, o atual campeão de megalobox, cruza seu caminho dando início a uma rivalidade que irá levar Junk Dog a sonhar com a vitória no torneio mundial.

“Megalobox” é a produção com maior número de indicações ao prêmio Anime Award’s Chrunchyroll 2019, estando presente em oito categorias, incluindo a de Melhor Série, Melhor Diretor, Melhor Protagonista e Melhor Antagonista. O filme é uma adaptação da série de mangá “Ashita no Joe”, lançada em 1968 pela Weekly Shounen Magazine. É considerado entre os mangás clássicos, um dos mais aclamados no Japão, inspirando vários animes, filmes e live-actions. “Megalobox” comemora o 50º aniversário de “Ashita no Joe”.

Uma boa notícia para quem não puder ir até o cinema é que o anime chegará à plataforma de streaming Netflix totalmente dublado em março, além de estar disponível na sua versão original no Crunchyroll.

Personagens

Entre os personagens de “Megalobox” estão Junk Dog (um boxeador, cujo nome verdadeiro é desconhecido e que sobrevive nas favelas da cidade disputando lutas clandestinas de megalobox. Para ganhar dinheiro, ele é forçado pelo seu agente e treinador a perder suas batalhas, o que o deixa extremamente frustrado); Gansaku Nanbu (agente e treinador de Junk Dog, que possuiu problemas com bebida. Trapaceiro, faz com que Junk Dog perca diversas lutas para ganhar dinheiro em apostas); Yuri (guarda-costas de Yukiko, uma importante empresária, e campeão de megalobox, conhecido como “o rei dos reis”. Grande rival de Junk Dog); Fujimaki (o chefe de máfia que gerencia as lutas encenadas de Junk Dog e Nanbu, e que os ajuda a entrar no torneio mundial); Yukiko Shirato (chefe do grupo Shirato, que supervisiona e patrocina o torneio Megalonia); Mikio Shirato (irmão mais velho de Yukiko. É um boxeador e desenvolvedor do Ace, um Gear de última geração que é equipado com inteligência artificial, permitindo que trace estratégias perfeitas na batalha); e Sachio (menino pobre que possui talento com o uso e conserto de máquinas. Ele e seus amigos usam suas criações para roubar mercadorias e trocar pela droga Red Candy). (Da Redação)