Cultura

Sesc tem Ed Motta entre as atrações on-line da semana

Trio Virgulino, Yvison Pessoa e Letrux completam a programação das lives
Sesc tem Ed Motta entre as atrações on-line da semana
Ed Motta relembra hoje, com show de piano e guitarra, baladas nacionais e internacionais. Crédito da foto: Luciano Mello / Divulgação

A série Música #EmCasaComSesc, no ar desde 19 de abril com apresentações diárias de importantes nomes da música brasileira, nos mais variados estilos, segue com vasta programação esta semana. As transmissões acontecem sempre às 19h pelo Instagram (@sescaovivo) e YouTube do Sesc São Paulo (youtube.com/sescsp).

Hoje tem o funk-soul, com influências que vão do jazz à canção brasileira, combinados a uma variedade de sons vocais inconfundíveis de Ed Motta. No repertório do show piano e guitarra, ele relembra baladas nacionais e internacionais de grandes artistas e as músicas que fizeram sucesso escritas em parceria com Rita Lee e Ronaldo Bastos, como “Colombina”, “Fora da lei”, “Baixo rio” e “Vendaval”. Todas em versões acústicas. Cantor, compositor, multi-instrumentista, arranjador e produtor, Ed Motta desenvolveu um estilo próprio de fazer música que passa também pelo rock, da música clássica aos standards americanos, e da bossa nova ao reggae. Com o seu “Edmottês”, uma maneira brincalhona de denominar uma música cantada que não tem letra, já se apresentou em diversos países da Europa, América do Sul além de Japão e Estados Unidos.

Leia mais  Alan Parker, diretor de 'Evita' e 'Mississippi em Chamas', morre aos 76 anos

Amanhã será dia de forró pé de serra com o Trio Virgulino, que em 2020 comemora 40 anos de carreira. Formado atualmente por Adelmo Nascimento (triângulo), Roberto Pinheiro (zabumba) e Robson Pinheiro (sanfona), o grupo responsável pelo resgate do ritmo tipicamente brasileiro e precursores do forró universitário, interpreta músicas que fizeram história, em especial “Vida de forró” e “Forró e paixão”, que dão nome aos discos lançados em 2011 e 1998, respectivamente. O Trio surge em 1980, quando Adelmo resolve deixar a enxada de lado em Parnamirim, no Pernambuco, e seguir rumo a São Paulo, onde iniciou essa trajetória musical de sucessos. Nestas quatro décadas já dividiram o palco com ilustres da música brasileira, como Caetano Veloso, Elba Ramalho, Moraes Moreira, Dominguinhos e Osvaldinho do Acordeom, e levaram o melhor do forró a países como Estados Unidos, França, Inglaterra, Espanha e Suíça.

Leia mais  Guitarra de Hendrix é arremata em leilão
Sesc tem Ed Motta entre as atrações on-line da semana
Amanhã será dia de forró pé de serra com o Trio Virgulino, que acaba de completar 40 anos de carreira. Crédito da foto: Luciano Mello / Divulgação

Na quinta, dia 25, é dia de cair no samba com o pernambucano radicado em São Paulo Yvison Pessoa. Apadrinhado por Beth Carvalho, integrante do grupo paulistano Quinteto em Branco e Preto durante sete anos e compositor da Comunidade Samba da Vela (localizada em Santo Amaro, zona sul de São Paulo), hoje, o cantor e compositor que se dedica a carreira solo é conhecido como um dos representantes do Samba de São Mateus, bairro da zona leste da capital paulista. No show Samba em Família, Yvison traz clássicos de Paulinho da Viola, Arlindo Cruz e Sombrinha, sem se esquecer do célebre Adoniran Barbosa. Canções autorais escritas em parceria com grandes compositores paulistanos completam o repertório. Yvison estará acompanhado de seu filho, o violonista Paulo Arceno.

Abrindo o fim de semana, na sexta-feira, 26, tem Letrux, nome artístico da cantora, compositora e poeta Letícia Novaes, apresentando o seu segundo trabalho, “Aos prantos”, lançado em março deste ano. A transmissão pela série Música #EmCasaComSesc é um convite a um mergulho nas profundezas sentimentais, mas com muito bailado em meio aos maremotos da existência. Neste show que fará de casa, ela trará uma seleção das 13 músicas que estão neste novo álbum. (Da Redação)

Comentários