Cultura

Semana da Consciência Negra será on-line e terá 11 atrações

Programação começa dia 16 com destaque para os debates sobre racismo
Semana da Consciência Negra será on-line e terá 11 atrações
Rapper e poeta GOG vai participar de um bate-papo sobre o hip-hop. Crédito da foto: Divulgação

Palestras, bate-papos e apresentações de danças fazem parte da programação do evento “Conscientize-se: Uma jornada de debates e reflexões da população negra”. As atividades apoiadas pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult) e da Secretaria da Cidadania (Secid), são promovidas pela Coordenadoria da Igualdade Racial e Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra (CPDCNS) durante os dias 16 a 24 de novembro. O evento acontece em comemoração ao Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e será transmitido pelo Facebook através do link: https://www.facebook.com/cpdcns.

Para abrir a programação, no dia 16 de novembro, às 19h30, o rapper e poeta GOG, conhecido pelo verso “Periferia é periferia em qualquer lugar”, sampleado pelo grupo Racionais MC’s em 1997, acompanhado do rapper Márcio Brown e o militante dos movimentos pretos e periféricos e apresentador do programa “Papo de Preto pra Preto”, Melqui Pretoloko, vão falar sobre o “Hip-Hop como instrumento de resistência preta”. Ainda no mesmo dia, às 21h, o tema “Educação na perspectiva antirracista: possibilidades e desafios” será debatido pela professora e mestra em Educação Vanessa Garcia e pelo professor e doutorando em História Social da África, André Santos Luigi.

Leia mais  Casa do Ritmo faz live sobre mundo da percussão nesta segunda-feira

Já no dia 17 de novembro, os sacerdotes do candomblé Baba Leandro e Baba Nino apresentarão o tema “O racismo e a intolerância religiosa” às 19h30. E um pouco mais tarde, às 21h, será a vez do ativista Luiz Henrique de Souza contar a história da “Capoeira de Angola” e apresentar os passos dessa expressão cultural.

No dia 18 de novembro, a partir das 19h30, a população poderá descobrir o conceito de “Racismo Estrutural” com a professora Joyce Dias, especialista em Educação para a Diversidade e Mestra em Linguística Aplicada.

“O empoderamento da mulher negra” será discutido pela advogada, ativista, e empresária Eliane Dias e pela empreendedora e militante do Movimento da Mulher, Movimento Negro e Periférico, Kátia Campos, no dia 19 de novembro, às 19h30.

O dia 20 de novembro será recheado de atrações. Às 19h começa um bate-papo com a jovem youtuber Maria Clara, dona do canal “Pretinha Sim”, sobre “Os enfrentamentos da juventude preta”. Às 19h30, “Genocídio da juventude negra” será a discussão apresentada pelo Dr. José Vicente, advogado e doutor em Educação. Logo em seguida, às 20h30, a “Década Internacional Afrodescendente” será comentada pelo ativista José Marcos.

A enfermeira e mestra em Ciências da Saúde, Daniela Valentim, e a psicóloga e pesquisadora de temáticas ligadas às questões raciais, Myrt Thânia de Souza Cruz, vão dialogar sobre “A saúde da população negra” no dia 23 de novembro, às 19h30.

Leia mais  Um dia de perdas para a música mundial

Para encerrar a programação, o tema “Empreendedorismo preto” será discutido pela educadora social e feminista negra Maria Teresa Ferreira no dia 24 de novembro, às 19h30.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Secid pelo telefone (15) 3212.9600, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. (Da Redação com informações de Secom Sorocaba)

Comentários