Cultura

Sandra de Sá é atração nesta terça (30) na série Música do Sesc

Na dança, Diogo Granato apresenta “Toda vez que me despeço”, a partir das 21h30
Sandra de Sá é atração hoje na série Música do Sesc
A cantora carioca Sandra de Sá demonstrará todo seu gingado com uma apresentação inédita. Crédito da foto: Raíssa Fontes / Divulgação

Esta terça-feira (30) é dia de música e dança na programação do #EmCasaComSesc. Às 19h, quem se apresenta é Sandra de Sá. Já às 21h30, Diogo Granato é atração com o espetáculo de dança “Toda vez que me despeço”. As apresentações gratuitas podem ser vistas no Instagram (@sescaovivo) e YouTube (youtube.com/sescsp) do Sesc São Paulo.

A cantora carioca Sandra de Sá demonstrará todo o seu gingado com uma apresentação inédita, selecionando seus maiores sucessos para o público de casa. Direto do Rio de Janeiro, a musicista que acumula 19 discos e comemora 40 anos de carreira apresenta canções que são clássicas em sua voz, como “Olhos coloridos” (Osvaldo Costa), “Eu quero é botar meu bloco na rua” (Sérgio Sampaio), “Flor de lis” (Djavan) e “Madalena” (Ivan Lins / Ronaldo Souza).

Leia mais  Documentário conta a vida de Anne Frank

“Toda vez que me despeço”, de Diogo Granato é um improviso cênico virtual: uma despedida, uma celebração. No meio da pandemia, ele faz seu último trabalho em seu estúdio, relembrando danças, momentos, trabalhos, alunos, parceiros e companhias, transformando tudo em apresentação ao vivo. Uma mistura de criações e emoções, lembranças e movimentos, improvisos e coreografias, com momentos de seus trabalhos solo “Aretha”, “Sketchbook”, “Graxa”, “Mulher diaba e Dr. AmorEstranho”, além de trechos de trabalhos dos grupos em que atua como o “Silenciosas”, a “Mais companhia” e a “Cia nova dança 4”.

Mais dança

Na quinta-feira, dia 2 de julho, a série Dança apresentará “A dança do dia”, com Key Sawao e Ricardo Iazzetta. Parceiros artísticos que dirigem a KZ&C — key zetta e cia, a dupla celebra a linguagem da dança e explora o ir e vir no tempo, onde diferentes espaços, pensamentos e gestos surgem como atravessamentos, se atualizam e criam a dança de hoje. “A dança do dia” se apresenta como um agradecimento. Key Sawao e Ricardo Iazzetta se lançam na proposta deste encontro através do corpo e do movimento, de afetar e ser afetado pela experiência do momento, habitando a zona do acontecimento mais imediato. (Da Redação)

Comentários