Cultura

Orquestra Sinfônica de Sorocaba destaca hoje violino e clarinetas

Solo de violino e conjunto de clarinetas são destaque da apresentação de hoje da Orquestra Sinfônica de Sorocaba, sob a regência do maestro Eduardo Ostergren. O concerto começa às 19h, na Sala Fundec, e conta com participação do conjunto de clarinetas Torcendo o Dedo e do violinista Lucas Alvares. No repertório estão as obras “Sinfonia clássica”, de Prokofiev, “Concerto nº 3 para violino e orquestra em si menor op. 61”, de Saint-Saëns, e “Andante para quarteto de clarinetas e orquestra”, de Gilmar de Campos.

Conforme o maestro Ostergren, a proposta da Orquestra Sinfônica, bem como da Fundec, é cumprir seu papel educacional e pedagógico na comunidade. Ele ressalta que o solista convidado, Lucas Alvares, iniciou seus estudos musicais aos 9 anos no Instituto Municipal de Música de Sorocaba (IMMS), administrado pela Fundec, e hoje desponta “como um artista de grande talento, no início de uma carreira muito promissora.”

Leia mais  Clipe ultrapassa 100 milhões de views

Atualmente Lucas é aluno regular de Elisa Fukuda pela Faculdade Cantareira, onde cursa Bacharelado em Violino. Já participou de diversos festivais e masterclasses. Como solista atuou com a Camerata de Cordas da Fundec e Camerata Cantareira. Foi integrante de diversas orquestras, também atuou no cargo de spalla pela Camerata Cantareira e atualmente é integrante da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo (Osjesp).

Mais talentos 

Grupo Torcendo o Dedo foi criado com a finalidade de mostrar a versatilidade de repertório da clarineta - DIVULGAÇÃO

Grupo Torcendo o Dedo foi criado com a finalidade de mostrar a versatilidade de repertório da clarineta – DIVULGAÇÃO

Quem assina uma das músicas do repertório é Gilmar de Campos, oboísta da Orquestra Sinfônica de Sorocaba. “Andante para quarteto de clarinetas e orquestra” foi especialmente escrito para o conjunto instrumental Torcendo do Dedo, a pedido do clarinetista Rafael Nini.

Formado por Reinaldo dos Anjos (clarineta e requinta); Carlos Eduardo da Silva (clarineta); Júlio José de Oliveira Neto (clarineta) e Rafael Nini (clarineta e clarone), o grupo Torcendo o Dedo foi criado em 2002, com a finalidade de mostrar a versatilidade de repertório da clarineta, buscando também proporcionar aos integrantes a prática de música de câmara.

Leia mais  Irmãs sorocabanas vencem reality show de confeitaria

Os ingressos para o concerto de hoje custam R$ 20 (valor inteira) e R$ 10 (meia-entrada). A venda de convites remanescentes será realizada no local, com uma hora de antecedência da apresentação. A Sala Fundec fica na rua Brigadeiro Tobias, 73, Centro. Telefone: (15) 3233-2220 e site www.fundecsorocaba.com.br.

Comentários