Buscar no Cruzeiro

Buscar

Musical com a atriz Letícia Sabatella é atração no Sesc Sorocaba

31 de Julho de 2019 às 21:20

Musical com a atriz Letícia Sabatella é atração no Sesc Em “A Caravana Tonteria”, Letícia Sabatella apresentará composições autorais e canções consagradas. Crédito da foto: Divulgação

Musical com Letícia Sabatella é um dos destaques da programação de agosto do Sesc Sorocaba. O mês também terá mostra de filmes que pautam questões LGBTQ+ e espetáculo de dança com canções de ídolos que morreram aos 27 anos são os

[irp posts="28684" ]

 

Letícia Sabatella se apresenta no teatro da unidade na próxima sexta-feira (9), às 20h, no espetáculo “A Caravana Tonteria”. O musical apresenta pequenas preciosidades auditivas.

Com direção musical de Arrigo Barnabé, o espetáculo apresenta uma aventura sonora entre composições autorais de Letícia Sabatella e canções universais. A lista inclui músicas de Chico Buarque, Colle Porter, Kurt Weill, Duke Ellington e Carlos Gardel.

Os ingressos começaram a ser vendidos nesta quinta-feira (1) na Central de Atendimento da unidade (rua Barão de Piratininga, 555, Jardim Faculdade). Eles custam R$ 30 (inteira) e já estão à venda on-line também no site www.sescsp.org.br.

https://www.youtube.com/watch?v=Gfphn1HljVk

CineCafé

Já o projeto CineCafé exibe sempre às terças, às 19h, diversos curtas-metragens e filmes consagrados. Eles são seguidos por um bate-papo com cineastas, diretores e outros convidados.

Neste mês, o projeto contempla produções nacionais e internacionais que pautam as questões da população LGBTQ+. Os interessados devem retirar os ingressos com uma hora de antecedência, na Central de Atendimento.

A programação terá no dia 6 “O mau exemplo de Cameron Post”, de Desiree Akhavan. No dia 13, será exibido o filme nacional “Tinta bruta”, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon.

No dia 20 será a vez do longa de ficção “Desobediência”, de Sebastián Lelio. No dia 27, fechando a mostra, o público poderá conferir o documentário “Bixa Travesty”, de Kiko Goifman e Claudia Priscilla. Ele conta a história da cantora transexual brasileira Linn da Quebrada.

Musical com a atriz Letícia Sabatella é atração no Sesc “Retina” tem canções de Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kurt Cobain e Amy Winehouse. Crédito da foto: Divulgação

Na área da dança, o destaque de agosto é o espetáculo “Retina”, do Grupo de Dança Camaleão. Ele será apresentado no dia 17, às 20h.

A partir de questões sobre a capacidade humana de reter informações visuais é que surgiram os movimentos levados ao palco por cinco bailarinos para discutir o excesso de informações. A trilha sonora, assinada por Kiko Klaus, traz canções de Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kurt Cobain e Amy Winehouse. São ídolos que morreram aos 27 anos marcados pelo excesso e transgressão. Os ingressos custam R$ 17 (inteira).

Artes cênicas

As artes cênicas também têm espaço na programação com os espetáculos “Ledores no Breu”, da Cia do Tijolo, que será encenado no dia 10. “Romeu e Julieta 80”, ousada adaptação do clássico de William Shakespeare, poderá ser visto nos dias 23 e 24, às 20h.

Com direção de Rodrigo Mercadante, “Ledores no Breu” é inspirado no texto “Confissão de caboclo”, do poeta Zé da Luz, e no pensamento e prática do educador Paulo Freire. O espetáculo trata das relações entre o homem sem leitura e sem escrita com o mundo ao seu redor.

“Ledores no Breu” mostra histórias entrelaçadas que acompanham analfabetos em pleno século 21, homens percorrendo distâncias para elucidar suas dúvidas, seus erros e seus crimes. Os ingressos custam R$ 17 (inteira).

Já a adaptação do clássico de William Shakespeare, com direção de Marcelo Lazzaratto, é encenada Renato Borghi e Miriam Mehler. Ambos estão na casa dos 80 anos de idade e seguem na vanguarda da arte ao expor, nesta proposta, seu próprio processo de envelhecimento, como oferenda de amor ao Teatro. Os ingressos custam R$ 20 (inteira).

Música instrumental

Na área da música instrumental, a agenda de agosto reserva espaço para o show de lançamento do álbum “Interiores”. O disco é do quinteto liderado pelo compositor e contrabaixista Felipe Brisola, que ocorre dia 29, às 20h, com entrada gratuita.

O álbum marca a estreia do trabalho do músico de Itapetininga radicado em Sorocaba. Em 20 anos de carreira, já atuou ao lado de nomes expressivos como Hermeto Pascoal, Toninho Horta, Alex Sipiagin, Fábio Gouvea e Patife Band.

Além de Brisola, o quinteto é formado por Guilherme Fanti (guitarra), Léo Ferrarini (piano), Dô de Carvalho (saxofones e flauta) e Rodrigo Marinônio (bateria). A programação completa do Sesc Sorocaba está disponível no site www.sescsp.org.br. (Felipe Shikama)