Cultura

Museu Fama, de Itu, abre edital para artistas plásticos

Fábrica de Arte Marcos Amaro tem 30 vagas disponíveis para interessados em ampliar repertório
Museu Fama, de Itu, abre edital para artistas plásticos
Os encontros quinzenais darão suporte, aos participantes, em relação a processos de criação artística. Crédito da foto: Divulgação

O setor Educativo do museu Fábrica de Arte Marcos Amaro (Fama), sediado em Itu, anunciou a abertura do edital Meios e Processos 2020. Estão disponíveis 30 vagas para artistas interessados em ampliar seu repertório visual e conceitual. As inscrições podem ser realizadas até o dia 10 de março, pelo site da instituição. Para participar é preciso ser brasileiro ou estrangeiro residente no Brasil e maior de 18 anos, além de ter realizado pelo menos uma exposição coletiva e/ou evento de arte.

Será oferecida aos participantes uma experiência que possibilita a utilização de suportes variados e incentiva a expansão de manifestações artísticas. A iniciativa, com orientação da artista Kátia Salvany e acompanhamento curatorial de Andrés I. M. Hernández, tem como objetivo fomentar o reconhecimento, a projeção e a inserção do interior paulista no circuito da arte.

Conforme Marcos Amaro, fundador do museu, a proposta é o aprofundamento na experimentação em arte, dentro de um contexto de produção e reflexão, alinhados com a arte contemporânea. O foco no artista e em seus processos de criação coincide com o desejo do Educativo Fama, de gerar espaços de compartilhamento de saberes, tendo em vista a aproximação com metodologias e práticas poéticas de criação, afirma.

Leia mais  Filmes de terror dominam estreias da semana nos cinemas de Sorocaba

Seleção

O processo seletivo envolverá doze encontros no museu Fama, realizados quinzenalmente, aos sábados, nos períodos de abril a junho e de agosto a outubro de 2020, das 10h às 12h e das 14h às 16h. O grupo acompanhará a programação da instituição e participará dos encontros e palestras com os artistas do acervo da fundação.

De acordo com o edital, os encontros pretendem atualizar, a partir dos trabalhos apresentados, questões relativas aos processos de criação artística; à nomenclatura nesses processos; a agentes e modalidades artísticas contemporâneas, como por exemplo as relações entre obras de arte, público e espaços arquitetônicos.

Serão fornecidas ferramentas conceituais e artísticas, incluindo referências bibliográficas, videográficas, sites, obras de outros artistas, para a interpretação, leitura e escrita de textos. Haverá orientação dos participantes na elaboração de seus portifólios, a partir do perfil de produção visual particular e tendo como referências outros materiais, conteúdos, imagens e similares.

Leia mais  Marcus Toscano realiza concerto no Instituto Histórico de Sorocaba

Orientadores apresentarão exemplos de materiais de artistas, discutirão e acompanharão a edição do material visual de cada participante para a reprodução com qualidade do registro fotográfico, escâner ou similares de seus trabalhos produzidos durante os encontros, com o intuito de divulgação e apresentação do material para eventos, editais, salões e outros.

Os artistas participantes ainda receberão informações sobre a importância dos suportes nas obras de arte e indicação de fornecedores para montagem das obras, registro, designer e outros, se necessário. Orientadores devem assessorar na elaboração de modelos de documentos e materiais para a circulação e preservação das obras, assim como documentos para possíveis negociações com outros agentes do circuito das artes e para o controle interno do artista; incluindo projetos para patrocínios. Também serão abordadas questões relativas ao circuito da arte como mercado, curadoria, instituições artísticas e/ou culturais, colecionismo, produção; entre outras.

O regulamento completo está disponível em encurtador.com.br/rsuAR. A inscrição para o edital deve ser feita no link http://famamuseu.org/2020/edital/. A taxa é de R$ 50. O Fama fica na rua Padre Bartolomeu Tadei, 9, em Itu. A visitação é possível de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h e sábado de 11h às 15h, com entrada gratuita.

Leia mais  Carnaval de Salto tem 5 dias de matinês, desfiles e blocos

Sobre o museu

O museu Fábrica de Arte Marcos Amaro (Fama) está localizado em um espaço de 25 mil metros quadrados em Itu (SP), onde, no século 20, funcionou a Fábrica São Pedro, importante polo da indústria têxtil, com relevância histórica e cultural para a região. São quase 1,3 mil obras no acervo, entre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas e instalações de nomes como Aleijadinho, Carmela Gross, Cildo Meireles, Nelson Leirner e Tunga. No museu são realizados ateliês, ocupações, e disponibilizadas salas e áreas ao ar livre para a realização de performances, residências artísticas, exposições individuais e coletivas, com o objetivo de incentivar a criação artística contemporânea, investigar os caminhos da arte e possibilitar ao público o acesso ao acervo do colecionador e artista Marcos Amaro, fundador do espaço. (Daniela Jacinto)

Comentários