Cultura

Museu Casa de Portinari abre edital para exposições itinerantes

Região de Sorocaba está entre as que podem receber as mostras a serem inscritas no edital
Museu Casa de Portinari abre edital para exposições itinerantes
Foto de Antonio Saggese, que compôs a exposição itinerante Hileia. Crédito da Foto: Divulgação

Produtores culturais têm até segunda-feira, dia 3, para inscrever propostas de exposições itinerantes no edital da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (Acam Portinari), em parceria com o Sistema Estadual de Museus (Sisem-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

A região de Sorocaba está entre as que podem receber as mostras.

Leia mais  Ações marcam a Semana Nacional de Museus em Sorocaba

 

As propostas selecionadas percorrerão diversas localidades do interior paulista, democratizando a arte, além de valorizar e divulgar o trabalho do artista. A ação diversifica, qualifica e amplia o repertório cultural das instituições museológicas que receberão as exposições.

Podem participar pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, atuantes na área de museus, atendidas as condições relativas à habilitação jurídica, qualificação técnica, qualificação econômico-financeiras, regularidade fiscal e trabalhista.

As itinerâncias podem contemplar uma das seguintes macrorregiões do Estado: Oeste Paulista (RA Bauru, Presidente Prudente, Marília), Noroeste Paulista (RA Araçatuba, Barretos, São José do Rio Preto), Nordeste Paulista (RA Franca, Ribeirão Preto, Central), RM Campinas, Vale do Paraíba e Litoral (RA São José dos Campos, Baixada Santista e Metropolitana de São Paulo e Sudoeste Paulista (RA Registro, Sorocaba, Itapeva). Cada uma das mostras deve percorrer no mínimo dois municípios.

As temáticas podem variar entre acessibilidade, artes, ciências e tecnologia, cultura LGBT, culturas indígenas, cultura quilombola, culturas tradicionais, direitos humanos e história local ou regional.

Os projetos inscritos e selecionados serão considerados para o biênio de 2020-2021 e devem ter propostas orçamentárias com custos de R$ 15 mil a R$ 40 mil. Neste valor devem estar inseridos os custos de embalagem, acondicionamento, montagem, deslocamento e seguro (caso seja necessário).

As propostas serão avaliadas pela Comissão de Habilitação, que verificará se o proponente cumpre as obrigações do edital; e também pela Comissão de Avaliação, composta pelo Grupo Técnico de Coordenação (GTC) do Sisem-SP, Acam Portinari e pela Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

O edital completo está disponível no site www.sisemsp.org.br/programa-de-itinerancia-de-exposicoes/. (Da Redação)

Comentários