Cultura Mais Cruzeiro

Livro relata aventuras sobre duas rodas pelo norte peruano

O livro “Rota moche -- Turismo e gastronomia do norte peruano” será lançado em Sorocaba nesta quarta-feira (24)
Livro relata aventuras sobre duas rodas pelo norte peruano
O livro é o primeiro da série “Pedalando por sabores”, de Osmar e Nádia Chor. Crédito da foto: Divulgação

Depois de pedalar por Alemanha, Áustria e Itália e relatar essa experiência em um livro “Antes tarde do que mais tarde”, lançado no ano passado, o casal de cicloturistas de Sorocaba, Osmar e Nádia Chor, compartilha com os leitores uma nova jornada pela América do Sul. Dessa vez, o lugar escolhido é a desconhecida “Rota Moche”, que abrigou importantes civilizações pré-hispânicas das Américas.

O livro “Rota moche — Turismo e gastronomia do norte peruano” será lançado em Sorocaba nesta quarta-feira (24), com sessão de autógrafos a partir das 19h, na Padaria Real do Alto da Boa Vista (avenida Engenheiro Carlos Reinaldo Mendes, 2.650). O livro é o primeiro da série “Pedalando por sabores”, projeto cujo objetivo é percorrer um País, ou parte dele, de bicicleta, sem equipe de apoio ou qualquer ajuda externa, revelando o turismo e a gastronomia locais.

A “Rota Moche” está localizada entre o litoral e a grande faixa de deserto do norte peruano, onde habitaram antigas civilizações, como Moche, Chavin, Chimú e Lambayeque. Cruzando de bicicleta parte do deserto, Osmar e Nádia passaram por 14 cidades, totalizando 450 quilômetros pedalados em treze dias. O casal revelou uma região pouco conhecida pelos próprios peruanos, com pirâmides, tumbas, museus, lugares sagrados e múmias dos principais líderes da cultura mochica, que dominou o norte do país por oito séculos, bem antes do surgimento dos incas. O livro traz ainda 19 receitas de pratos, sobremesas, pimentas e bebidas típicas do país, com ingredientes característicos da região. Entre as receitas apresentadas, o ceviche, prato peruano mais conhecido no mundo, merece destaque.

A viagem ao Peru foi a segunda aventura internacional do casal sobre bicicletas. Em 2017, eles fizeram as rotas Romântica e Via Cláudia Augusta em um trajeto de 1.050 quilômetros que passou Alemanha, Áustria e Itália. A aventura na Europa também virou livro, batizado de “Antes tarde do que mais tarde — a mudança de vida depois dos 50”, lançado em 2018. (Da Redação)

Comentários