Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Festival de Artes terá apresentações e formação gratuita

03 de Março de 2021

Festival de Artes terá apresentações e formação gratuita Ana e Tulio estão à frente da companhia que realiza o festival. Crédito da foto: Divulgação

O 1° Festival de Artes Integradas On-line, da Cia Som em Prosa, evento realizado com o subsídio do Proac Express Lab, n°40/2020, acontece entre os dias 8 e 21 de março. Além das apresentações, o projeto conta com a realização de oficinas de formação gratuitas. As inscrições terminam hoje.

No total foram selecionados 12 shows musicais, 5 espetáculos circenses, 4 peças teatrais, 3 espetáculos de dança, 2 performances e 1 espetáculo sobre Cultura Popular. Todas as apresentações ocorrerão on-line, no Facebook, Instagram e Youtube. Todas as ações contam com intérprete de libras. A seleção foi feita entre grupos e artistas atuantes na Região Metropolitana de Sorocaba.

A Cia de Som informa também que continuam abertas as inscrições para formações gratuitas com artistas da região em diversas linguagens: Circo, Cultura Popular, Dança, Música, Produção cultural e Teatro. Todas as formações acontecerão através da plataforma Googlemeet e terão 3h de duração com entrega de certificado de participação. Para se inscrever basta acessar o link do edital nas páginas oficiais da Cia Som em Prosa e preencher um formulário de inscrição. As inscrições acabam hoje e podem ser feitas por meio do link encurtador.com.br/vHXY8.

Oficinas

No dia 13 de março acontece a Formação de Circo com Geisa Helena. Tendo como nome “Preparo Físico para Artistas”, é uma oficina que tem como objetivo estimular o trabalho corporal dos artistas que atuam com Palhaçaria. O trabalho e preparo anterior a uma técnica específica das acrobacias cômicas, comicidade física e/ou cascatas (quedas de palhaces), por exemplo. É uma série de exercícios simples, porém, intensa. Serve tanto para artistas que atuam com comicidade física, como os que não. São fortalecimentos que preparam o corpo nosso instrumento de trabalho, para quaisquer atividades. Além da prevenção de lesões.

Douglas Emílio vai ministrar, no dia 7, a formação de dança que trabalhará composições elásticas e refletirá os modos de configuração em dança a partir dos entendimentos de “reorganização” e “auto-organização”.

Na área musical, a formação será ministrada por Ramon Vieira, que falará sobre seus encontros com o canto, a dança e a percussão, e sobre processos de aprendizado com crianças. Além disso, apresentará cantos, instrumentos e ritmos que compõem esse universo cultural brasileiro.

Para os interessados em performance, Janaína Silva estará a frente do encontro do dia 17. No encontro online serão compartilhadas algumas referências, temas, caminhos e procedimentos do processo de pesquisa e criação multilinguagem e haverá a escuta e a sugestão para a elaboração solo e/ou coletiva de um programa de ação, dispositivo poético ou aquilo que não tenha ainda nome mas que já precise ser dito.

Tulio Crepaldi vai ministrar duas oficinas: processo colaborativo e teatro. A primeira acontecerá no dia 18 oferecendo formação teórica e prática que abordará a dinâmica colaborativa dentro de produções teatrais ligadas à processos pedagógicos desenvolvidos pela Escola Livre de Santo André, no ABC Paulista, pensando o processo como instância pedagógica e de resistência à coisificação no mercado artístico. No dia 20 durante a formação voltada para o teatro, Crepaldi irá expor um panorama de algumas trajetórias artísticas do Teatro Paulistano e Carioca que configura um olhar sobre algumas histórias do teatro brasileiro. Buscando friccionar linguagem e sociedade, a formação buscará refletir sobre os vários momentos da linguagem teatral, desde a colônia até o período democrático republicano. (Da Redação)