Cultura

Festival Cidade Bambaataa acontece em Sorocaba de quinta a domingo

Evento terá a presença de grupos de Rap, DJs, break, grafite, shows, debates, rodas de break, MC’s
Festival Cidade Bambaataa começa na quinta
Grupo Z’Africa Brasil será a atração no Sesc no sábado, a partir das 20h. Crédito da foto: Divulgação

Um dos pais da cultura hip hop, o DJ e produtor musical norte-americano Afrika Bambaataa será o grande homenageado da Semana Municipal do Hip Hop 2018. Realizado pela Secretaria de Cultura e Turismo em parceria com o Sesc Sorocaba, o Festival Cidade Bambaataa começa nesta quinta-feira e prossegue até domingo (18), em vários espaços de Sorocaba, e contará com apresentações gratuitas de grupos de rap, DJs, break, grafite, debates, rodas de break, e batalhas de MCs.

A expressão “hip hop” (que numa tradução literal do inglês significa movimentar os quadris) foi pronunciada pela primeira vez pelo próprio Bambaataa em 1969, para nomear os encontros dos dançarinos de break, numa forma eficiente e pacífica de expressar a revolta da exclusão social da juventude subalternizada do Bronx, em Nova York. Além da dança, Bambaataa incluiria a música (rap) e as artes visuais (grafite) como elementos do mesmo movimento, ciente que esta seria uma maneira de diminuir as brigas entre as gangues do gueto e, consequentemente, o clima de violência enfrentado pelas periferias das grandes metrópoles.

Programação

A abertura do Festival Cidade Bambaataa ocorrerá quinta, a partir das 16h, no Parque das Águas, no Jardim Abaeté, com a presença do grupo de batalhas de rimas, Balda, do rapper Márcio Brown e DJ Preto.

Na sexta-feira (16), o evento prossegue no Parque dos Espanhois, na Vila Assis, a partir das 19h, com o grupo Rasgada Coletiva, que promoverá um bate-papo com a população sobre Panorama de Economia Criativa. O conjunto Slam Sorocaba também estará presente proporcionando um show de poesias faladas com artistas que citam suas obras em até três minutos. Operandi, Reforço Periférico, Juninho Pagliatto e DJ Sarda também estarão presentes.

No sábado (17), a partir das 17h, o Sesc Sorocaba receberá a Feira de Hip Hop e Arte Urbana, roda de conversa com empreendedores da cena hip hop da cidade e apresentações do grupo Ato Favela e CH Rapper e a final batalha de rima do Festival Cidade Bambaatta. Às 20h, o anfiteatro da unidade recebe show do grupo Z’Africa Brasil. A entrada é gratuita. Perto de completar 20 anos de carreira, o grupo Z’Africa Brasil lança seu trabalho mais recente intitulado “Ritual I A vida segundo os elementos do hip hop”. O grupo é composto por MC Gaspar, MC Funk Buia, MC Pitchô e DJ Tano.

O encerramento do festival será no domingo, a partir das 9h, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Nova Esperança, com encontro de grafite e discotecagem com o DJ Sylvio Muller. A programação continua às 14h, com o Workshop Beatmaker, com o artista Clebão Sorobeats; às 16h, com discotecagem com o DJ Rjay e, na sequência, shows com os grupos: Suprema Corte, Calo Rappaz, Sinapse Cia, Artigo sem Lei, Nathy Verçosa, Fazendo a Obra, Raphael Gota e Autoconceito.

A Semana do Hip Hop foi instituída pela lei municipal 7.359, de 2005, modificada pela lei municipal 8.199, de 2007. A edição 2018 foi organizada pelo Fórum de hip hop de Sorocaba e contou com processo de chamamento de artistas locais.

Comentários