Cultura

Começar de novo

Mariana Godoy estreia no jornalismo da Record TV em 1º de março
Começar de novo
Jornalista chega à Record após passagem frustrada pela Band. Crédito da foto: Instagram

A jornalista Mariana Godoy, 51, usou suas redes sociais para contar sobre seu próximo projeto. Segurando o crachá da Record TV, a apresentadora comemorou: “Um novo ciclo se inicia”. O post seguinte revela o fundo do programa “Fala Brasil”, onde dividirá a bancada seu antigo colega na GloboNews, Sergio Aguiar. A estreia será às 8h30 da próxima segunda-feira, 1º de março.

Depois de ficar 23 anos no Grupo Globo e cinco anos na Rede TV!, Mariana teve uma rápida passagem pela Band no segundo semestre de 2020. A jornalista rescindiu o contrato com a emissora depois de seis meses e vários programas cancelados.

Contratada pela Band em junho, Mariana iria ocupar o lugar de Silvia Poppovic no “Aqui na Band”, porém o programa de Luís Ernesto Lacombe foi encerrado. Ao lado de Zeca Camargo, Mariana Godoy fez o piloto de uma revista eletrônica que foi rejeitada pela direção da emissora.

Leia mais  Espetáculo leva histórias de professores de Votorantim ao palco on-line

A jornalista estreou então um talk show nas noites de segunda-feira, porém o “Melhor Agora” já começou com problemas pois a pandemia impedia os convidados de comparecerem ao estúdio. A situação piorou quando Mariana teve Covid-19 e enfrentou uma recuperação difícil. A atração acabou sendo cancelada em dezembro, apenas três meses após sua estreia.

A Band chegou a anunciar um “novo projeto” com a jornalista, mas quando Mariana finalmente se recuperou da doença em fevereiro, anunciou sua saída da emissora. Ao site “Notícias da TV”, ela contou sua frustração com a Band.

“Na Band, o projeto inicial para um programa matinal diário acabou não acontecendo. E, por causa da pandemia, o programa da noite sofreu com o mesmo problema que todo talk show enfrenta hoje. Mas o pior mesmo foi eu ter contraído a Covid-19 logo depois da estreia. Foi uma fase muito difícil e demorei para me recuperar”, disse. “Eu gostava muito do meu talk show, mas é complicado receber convidados e fazer reportagens externas em plena pandemia.” (Estadão Conteúdo)

Comentários