Covid-19 Cultura

Circo que está em Sorocaba fará espetáculo online

Ingressos serão vendidos a R$ 5 para ajudar a arrecadar fundos para os artistas
Os artistas estão em Sorocaba desde o dia 15 de fevereiro, mas precisaram interromper as apresentações. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (25/3/2020)

O Dia do Circo é comemorado nesta sexta-feira, dia 27 de março e em meio a pandemia do novo coronavírus, a equipe de aproximadamente 25 circenses do Circo Miller farão um espetáculo online. Os artistas estão em Sorocaba desde o dia 15 de fevereiro e depois de um mês de apresentações precisou interromper a temporada para evitar as aglomerações. 

Para comemorar a data especial e arrecadar fundos para que os artistas consigam pagar algumas contas fixas, o espetáculo será transmitido em uma página privada no Facebook, com os ingressos vendidos por R$ 5.

De acordo com Alejandra Beatriz Arias, 39, administradora e proprietária do circo, os artistas têm se mantido com a apoio e solidariedade de alguns sorocabanos que se sensibilizaram a situação.

“Não temos como ir para outra cidade durante essa pandemia. Nossa casa por enquanto é aqui, mas não estamos tendo nenhuma renda de bilheteria. Alguns empresários acabaram se unindo e estão nos ajudando com alimentos, itens de higiene, mas precisamos de dinheiro para pagar algumas contas”, conta.

Solidariedade

A tenda circense e os trailers estão em uma terreno próximo ao Parque das Águas e, segundo Alejandra, assim que a pandemia começou a tomar proporções maiores também em Sorocaba o proprietário da área foi bastante compreensivo. 

“Estamos sem nenhuma arrecadação e ele gentilmente deixou que a gente fique aqui mesmo sem termos condições de pagar o aluguel”, relatou. 

O alvará de funcionamento do circo foi suspenso após o decreto municipal cancelando grandes eventos na cidade. Crédito da foto: Vinícius Fonseca (25/3/2020)

O alvará de funcionamento do circo foi suspenso após o decreto municipal cancelando grandes eventos na cidade e por isso a transmissão online foi a maneira encontrada de angariar fundos em segurança.

Entre os membros do grupo circense, há dois idosos, que segundo Alejandra, ficam ainda mais isolados por conta do risco de contágio do novo coronavírus.

Pessoas que moram próximo ao local onde o circo está instalado, conta a circense, são bastante solícitas e sempre perguntam se precisam de alguma ajuda. “Nos acolheram muito bem e nos auxiliam nas coisas mais básicas, com fraldas”, contou.

O espetáculo

Uma primeira experiência do espetáculo online já foi feita no último sábado e o dinheiro arrecadado foi distribuído entre as equipes. “Muitos têm família longe e sempre mandam algum dinheiro”, conta Alejandra, que é argentina.

O ingresso, vendido por R$ 5, pode ser pago através de transferência bancária e também é possível fazer doações de quantias maiores ao grupo de artistas.

Quem adquirir o ingresso será inserido em um grupo privado no Facebook e poderá assistir a transmissão ao vivo do espetáculo, na sexta-feira às 19h.

Entre as atrações que o público poderá conferir estão o arrepiante globo da morte, homem de ferro, show infantil, homem aranha, entre outros. “É um momento complicado para todos, mas seguiremos levando a beleza do circo de uma outra forma”, concluiu Alejandra.

A página facebook.com/CircoMillerBR contém todas as informações sobre o espetáculo e dados de depósito bancário.

Comentários