Cultura

CarnaFest garante a folia de rua em Sorocaba neste sábado (22)

Bloco Krucatá e outras atrações ocupam o estacionamento do Mercado Municipal a partir das 15h30
CarnaFest garante a folia de rua hoje em Sorocaba
O Bloco Krucatá nasceu em 2017, com oficinas de percussão para integrar as pessoas por meio da arte. Crédito da foto: Divulgação

Considerado o maior bloco de percussão da Região Metropolitana de Sorocaba, o Krucatá realiza neste sábado (22) a terceira edição do CarnaFest. Promovido pelo coletivo Krucatá e com apoio da Secretaria de Cultura (Secult), o evento ocorre das 15h30 às 21h no estacionamento do Mercado Municipal de Sorocaba, no Centro, e contará com apresentações do próprio bloco, da Banda Krucatá e de artistas convidados. A entrada é gratuita.

O festival, que ano passado ocorreu na praça Coronel Fernando Prestes, volta ao local da primeira edição, no entorno do Mercado Municipal. Desta vez, o trio elétrico dará lugar a um palco fixo. Com programação diversificada e área de alimentação com tendas exploradas por entidades assistenciais da cidade, os organizadores esperam receber mais de três mil foliões ao longo de todo o dia.

A abertura da festa está marcada para 15h30, com discotecagem com DJ Amaramar. Para as crianças, haverá atividades lúdicas e recreativas, como pula-pula, piscinas de bolinha, teatro de mamulengos e contação de histórias com o grupo Cantando um Conto. Conhecida na região por revisitar um repertório da música brega, a banda Se Entrega Cafona animará os foliões com versões teatralizadas de canções de nomes como Reginaldo Rossi e Sidney Magal.

Leia mais  Aeroportos devem receber 1,36 milhão de passageiros durante o carnaval

 

Em seguida, o Bloco Krucatá, atualmente formado por cerca de 70 percussionistas, com idade entre 10 e 72 anos, apresentará ao público as levadas praticadas nos ensaios ao longo de todo o ano. Além de samba, o bloco explora outros ritmos da cultura popular brasileira como o afoxé e a ciranda, sob orientação do percussionista Fabio Serra. Fechando a programação, a Banda Krucatá, formada por músicos profissionais que atuam como facilitadores nos ensaios do grupo, fará um passeio por vários períodos e vertentes da música brasileira.

Origem

Idealizado em 2016 por Gleiton Piva, a partir do incômodo diante de uma onda crescente da intolerância racial, aumento do feminicídio, da depressão e síndrome de ansiedade no Brasil, o bloco do Krucatá teve origem em abril de 2017, com oficinas de percussão, com o propósito de integrar as pessoas e promover o desenvolvimento dos participantes por meio da arte.

“Nasceu com o intuito de usar a música como ferramenta de inclusão, socialização e empatia”, comenta. O nome do bloco faz alusão à sonoridade da divisão rítmica, quando pronunciada oralmente. Em 2018, foi a vez de a Banda Krucatá, formada por profissionais, ser lançada para eventos corporativos, casamentos e bares.

A renda das apresentações ajuda a viabilizar o próprio projeto colaborativo, como a manutenção dos instrumentos musicais. No evento deste sábado (22), em Sorocaba, os foliões poderão adquirir o abadá colorido do CarnaFest 2020, ao valor de R$ 30, cuja a renda será revertida para a manutenção do projeto.

As apresentações no Carnaval, segundo Piva, representam uma espécie de formatura festiva dos ritmistas que participaram a oficina ao longo do ano. A partir de 1º de abril, na retomada dos ensaios, serão abertas novas vagas e os interessados podem fazer a pré-inscrição pelas redes sociais do bloco ou pelo site www.krucata.com.br. Os ensaios ocorrem sempre às quartas-feiras, das 19h às 21h, no Barracão Cultural (avenida Dr. Afonso Vergueiro, 310, Centro).

Leia mais  Carnaval de Salto tem 5 dias de matinês, desfiles e blocos

 

Além do CarnaFest, os ritmistas do Krucatá se apresentaram nesta sexta-feira (21) em Itu, ajudaram a engrossar o Bloco Depois a Gente se Vira, em Sorocaba, e se apresentam neste domingo (23), a partir das 15h, em Araçoiaba da Serra, na Praça da Matriz. (Felipe Shikama)

Comentários