Cultura

Cantor de ‘La bamba’, Trini Lopez morre aos 83 anos

No cinema, Lopez fez uma passagem pelo filme "Os Doze Condenados", de 1967, contracenando com Charles Bronson

Cantor e guitarrista norte-americano, Trini Lopez, autor do sucesso “If I had a Hammer”, morreu nesta terça-feira (11) vítima de complicações da Covid-19, aos 83 anos. As primeiras informações vieram da revista Palm Springs Life.

O álbum de estreia, “Trini Lopez at PJ’s”, trouxe seu clássico maior “If I Had a Hammer”, que estourou nas paradas em vários países e chegou ao número 3 nos Estados Unidos. No próximo, uma versão explosiva de “La Bamba”, de Ritchie Valens, e mais as canções “Lemon Tree”, “I’m comin ‘home”, “Cindy”, “Sally was a good old girl”, “Michael”, “Gonna get along without ya’ now” e “The bramble bush” o colocaram definitivamente no mapa do rock.

Trini é do Texas e deixava isso bem claro em seu visual. Era filho de pais mexicanos e recebeu o nome de Trinidad Lopez III. Suas primeiras bandas vieram aos 15 anos e, em 1958, seu grupo The Big Beats assinou com a Columbia Records após gravar com o produtor de Buddy Holly, Norman Petty.

No cinema, Lopez fez uma passagem pelo filme “Os Doze Condenados”, de 1967, contracenando com Lee Marvin, Charles Bronson e Donald Sutherland. (Estadão Conteúdo)

Comentários