Cultura

Camila Cabello e sua ‘Havana’ são as grandes vencedoras do MTV EMA

A cantora Anitta venceu a categoria de melhor artista brasileiro
‘Havana’ alcançou o número 1 em vendas nos Estados Unidos. Foto: Ander Gillenea / AFP

A cantora cubano-americana Camila Cabello, com quatro prêmios, foi a grande vencedora, neste domingo, da cerimônia do MTV Europe Music Awards (EMA), que aconteceu na cidade espanhola de Bilbao. A cantora Anitta venceu a categoria de melhor artista brasileiro.

Nascida em Cuba há 21 anos, a cantora do hit “Havana” confirmou seu grande ano vencendo as categorias-chave da cerimônia: melhor artista, melhor música, melhor vídeo e melhor artista US/Worldwide.

“Como diriam os espanhóis, ‘Estoy flipando, tío'”, brincou Camila, em espanhol, ao receber o prêmio de melhor artista, entregue pelos atores Diego Luna e Michael Peña, da série de TV “Narcos: México”.

“Este foi o melhor ano da minha vida”, comemorou a cantora mais tarde, ao receber o título de música do ano por Havana, que gravou com o rapper Young Thug e também lhe rendeu o prêmio de vídeo do ano.

Anitta venceu a categoria de melhor artista brasileiro. Foto: Ander Gillenea / AFP

Este foi, de fato, um ano excepcional para a cantora. Havana alcançou o número 1 em vendas nos Estados Unidos, e o vídeo da música já teve mais de 1,3 bilhão de visualizações no Youtube.

Outro nome de destaque da noite foi a rapper americana Nicky Minaj, que levou os prêmios de melhor artista de hip hop e melhor look.

Entre outros premiados na cerimônia, apresentada pela atriz americana Hailee Steinfeld, estão Dua Lipa (melhor artista pop), Cardi B (artista revelação), Marshmello (melhor música eletrônica), Shawn Mendes (melhor atuação ao vivo) e Panic! At The Disco (melhor música alternativa).

Anitta internacional

Anitta fez bonito na cerimônia de entrega dos prêmios do Europe Music Awards 2018 (EMA), da MTV, neste domingo, 4, em Bilbao, na Espanha. A cantora faturou o prêmio de melhor artista do Brasil, apresentou a categoria de melhor artista hip hop e entregou o troféu do EMA para Nicki Minaj.

A cantora comemorou o sucesso internacional: “Estão começando a conhecer meu trabalho”. Ao chegar ao tapete vermelho da premiação, Anitta tirou selfies com seus fãs e se emocionou com o público que cantou alguns de seus sucessos como “Paradinha”, “Vai Malandra” e “Downtown”. “Estou tentando fingir normalidade, mas não tá dando certo. As pessoas cantando enquanto eu estou passando. Hoje tá um dia muito babado. Não estou conseguindo”, disse ela nos stories do seu Instagram.

Em nome das mulheres ‘maltratadas’

A cantora americana Janet Jackson, há quatro décadas nos palcos, foi homenageada com o prêmio de ícone global, sucedendo artistas como U2, Queen, Whitney Houston e Eminem.

Em seu discurso, Janet disse que falava “por aquelas mulheres cujas vozes foram silenciadas”.

“Sou uma dessas mulheres que foram amordaçadas, tanto literal quanto emocionalmente, mulheres que foram maltratadas, intimidadas, que viveram com medo. Estou com vocês, vocês são minhas irmãs”, afirmou.

Criado em 1994, o MTV EMA é um dos grandes eventos organizados pela rede MTV, juntamente com o Video Music Awards (VMA), realizado anualmente nos Estados Unidos desde 1984. (AFP)

Comentários