Canal 1

Detalhes

Detalhes
Crédito da foto: Divulgação

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

O “Linha de frente” terá apresentação de João Paulo Vergueiro, que já faz o “Primeiro jornal”. É uma produção da Medialand, com o apoio do Artístico e do Jornalismo da Band, pela primeira vez envolvidos em um mesmo projeto.

Globo trabalha com cenários diferentes para futuro das suas novelas

Em meio a tantas incertezas e a exemplo de todas as outras TVs, a Globo também não tem nada definido sobre os próximos tempos.

Não há ainda a possibilidade de se planejar nada em bases mais seguras.

Na parte que toca a sua dramaturgia, por enquanto, a ideia é retomar as gravações no início de agosto, isto com base no melhor dos cenários.

Por aí se entenda uma diminuição drástica nos casos de coronavírus e o fim do confinamento no final deste mês. Há ainda como necessário um determinado número de dias para o trabalho da produção.

A ideia é primeiro voltar com “Amor de mãe” e “Salve-se quem puder” depois de algum tempo. Ambas, se tudo der certo, entrariam no ar logo após as reprises de “Fina estampa”, que termina no início de setembro, e “Totalmente demais” que deve seguir até a primeira quinzena de outubro.

Leia mais  Programa do Bial mostra como fazer boa televisão com maior simplicidade

O grande problema é que certeza, certeza mesmo, ninguém tem de nada.

Vale repetir – A dramaturgia da Globo trabalha com esses prazos e a possibilidade de voltar a gravar novelas em agosto, mas ainda sem a segurança de que isso irá acontecer. Decisões definitivas só serão tomadas com o desenrolar dos acontecimentos. Não tem como ser de outra maneira.

Pilotando – Neste sábado, 10h, está prevista a gravação do primeiro piloto do “Linha de frente”, que a Band vai colocar no ar a partir do dia 25, às 22h45. Um programa que, na sua dinâmica, vai seguir muito a linha de outros formatos da TV paga, mas mexendo com as ações de bombeiros e polícia.

Retomada – Celso Portiolli tem uma gravação do quadro “Afunda ou boia”, do “Domingo legal”, marcada para esta sexta-feira nos estúdios do SBT. Ao seu lado a comediante Marlei Cevada, a Nina de “A praça é nossa”.

Leia mais  Emoção

Pouca gente – Para esta gravação, e o momento assim recomenda, a equipe do Portiolli tomou uma série de cuidados. Vai trabalhar com equipe bem reduzida, apenas um convidado no estúdio, e as participações online de Carlos Alberto de Nóbrega, Porpetone e Jeffinho. O “Domingo legal” também se prepara para estrear o quadro “Quarentena do Portiolli”. No ar, a partir do dia 24.

Correção – Ontem, por aqui foi escrito que o jornalismo da Band tornou obrigatório o uso de máscaras, dentro ou fora das suas dependências. E que entre as normas estabelecidas, as “mascaradas” estavam proibidas. Não é bem assim. Só no ar é que existe a necessidade de seguir um certo padrão. Fora, vai do gosto de cada um.

Comentários