Canal 1

Culinária

Culinária
Crédito da foto: Kelly Fuzaro / Discovery

Flávio Ricco, com colaboração de José Carlos Nery

A confeiteira e cozinheira Carol Fiorentino, já conhecida pelo público de SBT e Discovery Home & Health, vai comandar uma nova série de culinária no canal Food Network. “Tudo na panela” terá dez episódios e estreia no dia 6 de novembro, às 22h45.

Dony De Nuccio e SBT estão muito próximos de um acordo

Na terça-feira passada, como ele mesmo admitiu, Dony De Nuccio participou de uma reunião com a direção do SBT e na oportunidade, ao ser consultado, admitiu este encontro “assim como com outras emissoras, pra falar de projetos e decidir sem pressa o melhor pro futuro”.

De fato, desde que deixou a TV Globo, em agosto passado, algumas possibilidades foram levantadas sobre o seu futuro na televisão. Num primeiro momento, inclusive, a novata CNN Brasil chegou a ser apontada como destino certo, a exemplo da Record em uma outra oportunidade.

Leia mais  Em todas

Data hoje, no entanto, é possível assegurar que se ainda não se pode falar em 100% fechado com o SBT, ele está muito próximo disso, restando apenas alguns pequenos detalhes para serem definidos, como espaço na grade, horário e definição sobre estreia. Falta apenas isso para o anúncio oficial.

Dony, ao contrário do que fez até agora, em vez do jornalismo irá se dedicar ao entretenimento. Tem um projeto de programa pronto e já aprovado pela direção da casa.

Figura do repórter – No rádio ou na TV, desde sempre, a figura do repórter esportivo sempre foi essencial e com participação efetiva em todas as transmissões. Fausto Silva, Silvio Luiz e Reali Junior foram só alguns desses grandes nomes que saíram dos gramados.

Mas cadê eles? – Para as TVs diretamente envolvidas, demonstra-se, não há mais nenhum interesse em destacar a figura do repórter. Por exemplo: nos releases enviados de suas transmissões, só são citados os nomes dos narradores e comentaristas. Caso da “Libertadores”, por exemplo, com jogos das semifinais a partir de hoje.

Leia mais  Cinema

E mais essa – A Globo, nas suas transmissões, resolveu criar um troféu ao “Craque do jogo”. O repórter, muitas vezes o único que vai a campo — com narrador e comentaristas no estúdio — não tem direito ao voto. Uma pena que assim seja.

Qualquer coisa – Imagine um programa ruim, da pior espécie, que nem a televisão de antigamente tinha coragem de colocar no ar. Pois bem é o tal “Festa popular”, que a Rede TV! corajosamente tem colocado no ar aos domingo, 17h30. Com toda certeza, horário vendido. Pagou, entrou.

Abertura – A grade da CNN Brasil será preenchida basicamente por conteúdo próprio, como são os casos dos jornalísticos de William Waack e Monalisa Perrone, o programa do casal Phelipe Siani e Mari Palma, entre outros. Mas, também haverá espaço para trabalhos de empresas independentes, responsáveis pela produção de documentários.

Leia mais  Poliana vai levar o SBT à loucura e ao recorde de maior número de capítulos

Vai daí – Rafael Gomide, chefe de redação da Record, está muito cotado para atuar nesse núcleo de documentários da CNN Brasil. Na Record, o assunto não é mais segredo. Resta saber se vai como contratado ou atuar por meio de uma empresa.

Mais curto – O “Domingo show”, na Record, após a saída de Geraldo Luís, no dia 27, e a entrada de Sabrina Sato, possivelmente em 3 de novembro, terá uma duração menor. Não serão mais 4h45 de programa como acontece atualmente.

Andar da carruagem – Como definição, já se sabe que com Sabrina Sato, o “DS” terá duas horas de duração, possivelmente das 13h45 às 15h45. Antes dela, e por aí ainda se faz segredo, existe a ideia de lançar um outro programa.

Comentários

CLASSICRUZEIRO