Brasil

Viaduto corre risco de desabar, diz secretário; circulação de trens para em São Paulo

Confira as alternativas de tráfego sugeridas pela Prefeitura de São Paulo e pela CET
Equipes continuam o processo de escoramento do viaduto que cedeu nesta quinta-feira (15) na Marginal Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo (SP), e começaram a analisar o solo na área nesta sexta-feira (16). Crédito da foto: Estadão Conteúdo.

A Prefeitura de São Paulo vai liberar o rodízio municipal de veículos em trecho da Marginal Pinheiros por causa dos transtornos provocados pela interdição da via após o viaduto localizado na altura do Parque Villa Lobos, na zona oeste da cidade, ceder cerca de dois metros, formando um grande degrau.

A circulação de todos os veículos será liberada no sentido Castelo Branco, entre a avenida dos Bandeirantes e a Ponte dos Remédios, a partir da próxima quarta-feira (21). Até o dia 20, o rodízio já estava suspenso devido ao feriado prolongado.

A decisão tem o objetivo de minimizar os transtornos provocados pela interdição total da pista expressa da Marginal Pinheiros para obras de recuperação do viaduto. A suspensão será adotada até a liberação total da pista. (Leia abaixo alternativas de trajeto enquanto as obras perdurarem)

Situação complicada

O secretário municipal de Infraestrutura e Obras, Vitor Aly, informou na manhã desta sexta-feira (16) que piorou a situação de estabilidade do viaduto que cedeu próximo ao Parque Villa-Lobos e à Ponte do Jaguaré, Zona Oeste de São Paulo, na madrugada de quinta-feira (15). Cinco carros foram atingidos e um motorista ficou levemente ferido.

Equipes continuam o processo de escoramento do viaduto que cedeu na Marginal Pinheiros. Começaram a analisar o solo na área nesta sexta-feira (16). Durante a madruga, equipes trabalharam no escoramento do viaduto e apesar de os andaimes que escoram a estrutura parecerem frágeis, cada um suporta cerca de oito toneladas, conforme informações das equipes técnicas.

Leia mais  Cientistas falam sobre perspectivas astronômicas para 2021
Ponte que cedeu na madrugada de quinta-feira (15), na Marginal Pinheiros na zona oeste da capital, é escorada e equipes fazem análise do solo para embasar projeto de recuperação da ponte, nesta sexta-feira (16). Crédito da foto: Estadão Conteúdo.

De acordo com Aly, subiu o índice de criticidade da estrutura e há possibilidade de ruína. “Inicialmente nós pedimos à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para diminuir a velocidade dos trens perto do viaduto que cedeu, porque está vibrando e fazendo com que as estruturas se movimentem”, disse ele. Porém, por volta das 10h, a companhia interrompeu a circulação dos trens entre as estações Pinheiros e Ceasa. Segundo o secretário, o processo de escoramento será acelerado para, após estabilizar a estrutura, dar seguimento aos trabalhos de segurança e recuperação do elevado. (Camila Baehm – Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

 

Alternativas de trânsito

Sentido Interlagos/Rodovia Castelo Branco: Pista local da Marginal Pinheiros

Sentido Rodovia Ayrton Senna ou Ponte dos Remédios: Seguir pelas avenidas Brigadeiro Faria Lima, Pedroso de Morais, Professor Fonseca Rodrigues e Dr. Gastão Vidigal

Para quem chega à cidade pelas rodovias Anchieta, dos Imigrantes, Régis Bittencourt e Raposo Tavares: Rodoanel Governador Mário Covas e Rodovia Castelo Branco

Leia mais  Ministro do STJ anuncia aposentadoria durante sessão

Rodovia dos Imigrantes (Santos/São Paulo): O motorista pode seguir pela avenida Profº Abraão de Morais, à direita, na rua Pedroso Lousano (sob o viaduto Aliomar Baleeiro) sentido Complexo Viário Maria Maluf, e pegar as avenidas Presidente Tancredo Neves e das Juntas Provisórias. O motorista pode optar por acessar as avenidas Luiz Ignácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf chegando à Marginal Tietê e rodovias ou seguir pela avenida do Estado até a Marginal Tietê junto à Ponte das Bandeiras em direção à Rodovia Castelo Branco

Rodovia Anchieta (Santos/São Paulo) com direção à Rodovia Castelo Branco: Acessar à direita na avenida das Juntas Provisórias e seguir tanto pela avenida do Estado quanto pela avenida Luiz Ignácio de Anhaia Melo

Do extremo sul da capital para o centro: Seguir pelas avenidas Interlagos, Washington Luís, Moreira Guimarães, Rubem Berta, 23 de Maio, Túnel Anhangabaú e avenida Prestes Maia

Sentido Santo Amaro: Pegar as avenidas Senador Teotônio Vilela, Atlântica, passar pelo Largo do Socorro e acessar a avenida Washington Luís em direção a Santo Amaro

Comentários