Brasil

Tema da Redação do Enem 2018 é ‘Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet’

O texto deve ser dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, e ser desenvolvido a partir da situação-problema
Estudantes enfrentam neste domingo primeiro dia de provas do Enem 2018. Crédito da foto: Aldo V. Silva/Arquivo.

Segundo a Assessoria de Comunicação Social do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep), responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os participantes do Enem 2018 farão redação sobre “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. O texto deve ser dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, e ser desenvolvido a partir da situação-problema e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. Neste domingo, 4 de novembro, os participantes também farão provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Ciências Humanas e suas Tecnologias, que somam 90 questões de múltipla escolha.

Os critérios de correção da redação, com cinco competências, estão detalhados na Cartilha de Participante – Redação no Enem 2018. O texto dissertativo-argumentativo precisa ser opinativo e organizado para a defesa de um ponto de vista. A opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos. O texto é dissertativo porque disserta sobre um assunto proposto, descreve-o e explica-o. É também argumentativo porque defende uma opinião e tenta convencer o leitor com argumentos.

As provas começaram às 13h30 e os participantes terão 5 horas de 30 minutos para resolvê-las. Aqueles com direito a tempo adicional e que solicitaram o recurso durante a inscrição terão uma hora a mais. Deficientes auditivos e surdos que optaram fazer a Videoprova Traduzida em Libras terão duas horas a mais de prova.

Leia mais  Secretaria abre cadastro para vacinar profissionais de educação

Portões fechados

Às 13h (Horário de Brasília) deste domingo, 4 de novembro, foram fechados os portões dos 70.718 locais de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, em 1.725 municípios de todo o Brasil. Entre 13h e 13h30, o participante deve aguardar na sala de aplicação até que seja autorizado o início do Exame. Durante esse período são realizados procedimentos de segurança, como fiscalização dos lanches e conferência dos documentos de identificação já apresentados para o acesso à sala.

O envelope porta-objetos, entregue pelos aplicadores, deverá ser lacrado e identificado pelo participante antes de ingressar na sala de provas. O envelope porta-objetos deve ser mantido embaixo da carteira durante a realização das provas. Neste domingo serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e a redação.

Perfil do Participante

Leia mais  Butantan entrega mais 1 milhão de doses da vacina contra Covid-19

A região Sudeste tem 36,6% dos 5,5 milhões de inscritos, seguida pelo Nordeste, com 32,8%. As mulheres representam 59% dos participantes, que estão concentrados na faixa etária dos 17 anos (17%), 18 anos (15,9%) e 19 anos (10,6%). A faixa dos 21 a 30 anos reúne 27,8% dos participantes. Além disso, 58,7% dos inscritos já concluiu o Ensino Médio, enquanto 29,7% está cursando o último ano em 2018. Os “treineiros”, participantes que fazem o Enem em busca de uma autoavaliação, representam 10,6% dos inscritos de 2018. Dados detalhados por Unidade da Federação e o número de inscritos por município estão disponíveis no Press Kit Enem 2018, no Portal do Inep. O Enem 2018 é a 21ª aplicação do Exame criado em 1998. (Inep)

Comentários