Brasil

Paraná e Rússia assinam acordo de colaboração para teste e produção de vacina

Segundo o governo, se trata de um acordo de cooperação e transferência de tecnologia
 Paraná e Rússia assinam acordo de colaboração para teste e produção de vacina
O governador Carlos Massa Ratinho Junior disse que o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) será responsável por coordenar os estudos no Estado. Crédito da foto: Rodrigo Felix Leal / AFP (12/8/2020)

O governo do Paraná assinou nesta quarta-feira (12) um acordo de cooperação técnica com a Rússia para a testagem e eventual produção de uma vacina contra a Covid-19. Os detalhes do contrato foram anunciados nesta tarde pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Segundo o governo, se trata de um acordo de cooperação e transferência de tecnologia. Não existe, por enquanto, expectativa ou prazos estabelecidos para o início dos testes. Todo o processo será acompanhado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Comitê de Ética em Pesquisas, vinculados ao Ministério da Saúde.

“Se passar por todos os testes, a gente produz (a vacina no Paraná)”, disse reservadamente ao Estadão/Broadcast uma fonte que acompanhou a assinatura do acordo.

Leia mais  Primeira-dama do estado de São Paulo testa positivo para Covid-19

 

A formalização do Memorando de Entendimento sobre o desenvolvimento, testes e produção da vacina contra a Covid-19 também foi confirmada pela Embaixada da Rússia no Brasil.

Após uma série de reuniões em Brasília, os termos do contrato foram definidos na tarde desta quarta-feira, no Palácio Iguaçu, sede do Poder Executivo estadual. Estiveram reunidos o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), o embaixador russo no Brasil, Sergey Akopov, e representantes do Fundo Soberano Russo, da Casa Civil do Paraná e do Tecpar. (Estadão Conteúdo)

Comentários