Brasil

Movimento de apoio a Lula diz que não reconhece decisão de Gebran

Os integrantes do movimento de apoio ao ex-presidente Lula afirmam que não reconhecem a decisão do relator da Lava Jato no TRF-4, João Pedro Gebran Neto, que suspendeu a soltura do petista. Para o diretor de comunicação nacional da CUT, é inadmissível que dois juízes de férias, Gebran e Moro, não libertem Lula.

Apesar da decisão contrária ao ex-presidente, o grupo deverá manter o ato. A reportagem da Folha presenciou um aumento considerável de carros policiais no entorno da manifestação. Houve trocas de xingamentos e provocações entre moradores e manifestantes. Até o momento, porém, nenhum incidente violento foi registrado.(Folhapress)

Comentários