fbpx
Brasil

Morre criança baleada durante ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro

Após a morte, hashtag ‘A culpa é do Witzel’ lidera no Twitter
Morre criança baleada durante ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro
Imagem do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Crédito da foto: Bruno Itan / Fotos Públicas (26/6/2016)

Uma menina de oito anos morreu na madrugada deste sábado (21) após ser atingida por um disparo de fuzil durante ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro. O caso ocorreu no Complexo do Alemão, na noite de sexta-feira (20).

A morte de Agatha Vitória Sales Félix foi confirmada pela direção do Hospital Estadual Getúlio Vargas. Ela estava com a avó em uma Kombi na comunidade da Fazendinha, no Complexo do Alemão. A criança foi atingida nas costas por uma bala de fuzil.

A Polícia Militar afirma que policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Fazendinha, que estavam na esquina da rua Antônio Austragésilo com a rua Nossa Senhora da Glória, foram “atacados de várias localidades da comunidade de forma simultânea” e revidaram.

A polícia alega ainda que fez uma varredura no local em busca de feridos, mas não encontrou ninguém. O ferimento de Agatha teria sido informado por moradores da região, que foram até o Hospital Getúlio Vargas e confirmaram a entrada da criança na unidade. A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) afirmou que vai abrir um procedimento apuratório para “verificar todas as circunstâncias da ação”.

Hashtag ‘A culpa é do Witzel’ lidera no Twitter

Assuntos ligados à política nacional mobilizam o Twitter na manhã deste sábado (21). Dos dez assuntos mais comentados na rede social, a hashtag “A culpa é do Witzel” está em primeiro lugar, em referência à morte de uma menina de oito anos, que foi atingida por uma bala perdida na noite de sexta-feira no Complexo do Alemão. Nas publicações, usuários questionam o governo do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), sobre uma possível participação da Polícia Militar na ação.

Em segundo lugar está a hashtag “Eu Sou Bolsonaro”. Nas postagens referentes à hashtag, usuários da rede social publicam fotos e textos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, que fará discurso na Assembleia-Geral da ONU. Entre os posts, usuários pedem para o mandatário resgatar a credibilidade do Brasil no exterior e elogiam as ações do governo federal. (Estadão Conteúdo)

Leia mais  Fernanda Fé, cantora gospel e pastora, morre em Belo Horizonte

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO