Brasil

Evento debate despejo irregular de esgoto em Rios de SP

Evento vai reunir representantes dos setores responsáveis por tratar, planejar, regular e controlar esgotos no País
Defesa Civil de Salto alerta para aumento do nível do rio Tietê
Volume de água aumentou ontem à tarde após abertura das comportas. Crédito da foto: Fábio Rogério

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em parceria com o Estado, realiza nesta terça-feira, 8, e na quarta-feira, 9, o seminário A Despoluição dos Rios, para debater o problema ainda recorrente do despejo irregular de esgoto nos rios de São Paulo.

O evento vai reunir representantes dos setores responsáveis por tratar, planejar, regular e controlar esgotos no País para refletir como mudar essa situação. Na Grande São Paulo, por exemplo, 45% do esgoto gerado ainda não é tratado. No Estado, essa situação chega a 50%.

Participam do debate representantes dos governos federal, estadual e municipal, além de organizações da sociedade civil, que apresentarão questionamentos, propostas e soluções para o problema. Serão discutidos, por exemplo, a necessidade de melhorar a qualidade dos rios, a importância de se fazer planejamento de médio e longo prazo, a demanda por investimentos, a integração das políticas públicas, assim como um olhar sobre erros do passado para que não sejam repetidos.

Leia mais  Bolsonaro diz à Band que falou para Eduardo tirar ’palavra AI-5’ do vocabulário

O objetivo, explicam os organizadores, é chegar a conclusões que possam se transformar em bandeiras para efetivamente despoluir os rios de São Paulo. E isso passa por conseguir resolver a coleta e o tratamento de esgoto, que têm impacto direto na saúde da população.

Gratuito

O seminário é aberto ao público, que pode participar gratuitamente, mediante inscrição no site da Fiesp. O site também traz a programação completa do evento. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. (Estadão Conteúdo)

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO